Dicas de Viajantes

Top Destinos

As cidades mais comentadas pelos turistas

Maceió

2787 dicas

Natal

2507 dicas

Porto de Galinhas

1710 dicas

Porto Seguro

1665 dicas

Fortaleza

1375 dicas

João Pessoa

1165 dicas

Dicas em Destaque

Envie sua dica

"Aracaju - Dicas"

Christiane de Sá Motta Sant'Anna

Enviada por Christiane de Sá Motta Sant'Anna

em Março/2018 e achou Excelente!

Enviada por Christiane de Sá Motta Sant'Anna

Março de 2018. Bom, vou contar minha viagem em Acaraju para ajudar os viajantes na hora de decidir viajar.
Viemos em março, temperatura maravilhosa. Fiquei de domingo a sexta e fez sol todos os dias. Mas não foi só um solzinho... parecia o Rio de Janeiro com sensação de 45 graus rs.


Vamos lá,
1°dia:
Chegamos do Rio 11 horas da manhã. Ficamos hospedados na pousada Raio de Sol. é bem perto da passarela do caranguejo e logo depois ( uns 800 metros) os arcos de atalaia.( com o famoso letreiro). Jantamos no restaurante CARIRI( O charque com macaxeira é maravilhoso. Carne macia, forrozinho tocando.. o clima muito Bom, bem nordestino. O único contra é: o couvert é 10 reais por pessoa e a cerveja entre os restaurantes ao lado é um pouquinho mais cara. (8,90 a Brahma, pois nos outros é 6 Reais(Isso mesmo.. 6 reais rs).
Em relação a comida o preço é justo.

2° dia:
Fechamos o passeio para mangue seco pela Qually tur. Nossa opcao inicial era ter fechado praia do saco e mangue seco. No Entanto, fomos informados que o passeio de buggy na praia do saco estava interditado, então preferimos fazer apenas o mangue seco. Bom, uma cidade bem seca e quente já no litoral norte da bahia. O passeio é maravilhoso( passamos nos lugares onde foi gravada a novela Tieta). O buggy para em uns 4 a 5 pontos para fotos e depois você relaxa na praia com águas calmas e mornas. Uma dica: experimente o caldo de camarão na praia após a parada do buggy... é sensacional. Nesse lugar a cerveja gira em torno de 10 reais a garrafa e 5 reais a lata.

3°dia:
Fizemos o passeio para Croa de Gore e Ilha dos Namorados. Que lugar calmo, tranquilo para relaxar, deitar na rede, tirar umas fotos.. em falar em fotos...da para fazer fotos maravilhosas e curtir o momento. A noite fomos no restaurante REI DA SOPA( preço justo. Antártica e Brahma por 6 reais- Como somos cariocas e só bebemos essas para nós foi otimo)

4°dia:
Fizemos nosso terceiro passeio. O famoso CANYON DO XINGO. Bom, é cansativo. Cerca de 3 horas e meia para chegar em Canide de São Francisco onde passa o Rio São Francisco e sai o passeio de catamarã. Se vale a pena?? MUITO. O lugar é incrível, calmo. O Rio São Francisco traz uma paz espiritual e quando você chega nos canyons fica mais encantado ainda.

Obs: não deixe de fazer o passeio de canoa (10 reais por pessoa, é a parte mais linda do passeio)
O único contra é que apenas possui um restaurante - KARRANCAS e você fica condicionado a almoçar nele. Possui opção de buffet livre por 40 reais por pessoa ou tem pratos a la carte (na faixa de 80 reais para duas pessoas - da para comer um casal e uma crianca). A cerveja é cara, 8,00 reais a Itaipava normal e 9,80 a Itaipava Premium. (Latinha ou longe neck).ELES SÓ POSSUEM ESSA CERVEJA.  Tem espetinho no catamarã por 5,50 e o refrigerante também é R$5,00.

5° dia:
Fomos no centro histórico e conhecemos a Catedral, a praça dos 3 poderes e os mercados Municipais. Os mercados são maravilhosos, preços bons e com muita variedade. Vale a pena.
Depois curtimos a praia de atalaia e almoçamos no restaurante encanto do mar( primeiro restaurante no calçadão após os letreiro- sentido contrário ao caranguejo) Pedimos um camarão no Coco por 63 reais que da perfeitamente para 3 adultos).

Resumao:
As cervejas pelo menos no bar da Amanda, rei da sopa e restaurantes ao lado foram 6 reais a garrafa de 600 ml e os restaurantes cobram 10% opcional.. Não vem na conta (você dá se quiser).
As comidas com preço justo.

Indico a pizza do algo mais, na sequência rei da sopa, Amanda bar e restaurante e CARIRI.. é um do lado do outro.

Aracaju é uma cidade calma, segunda e terça não tem muito movimento. Na verdade na baixa temporada achei ela até calma demais. Acredito que o turismo não seja tão valorizado como em Natal, Porto se Galinhas... Mas é um lugar que vale a pena Sim, você irá se apaixonar por Sergipe.

Obs: fomos na feira do turista também, no final da orla e consegui achar a peça do biquini por 10 reais.. sem contar que achei um maiô por 10 reais também!! A canga aqui é 35 reais.

Andamos de uber nos lugares que era um pouco distante ir andando e vale a pena também. Sem contar que o aeroporto da orla de atalaia é cerca de 3 km, ou seja.. O uber na maioria das viagens sai a 9 reais no máximo. O único lugar mais caro é o centro histórico que ficou na faixa de 20 reais para ir e 20 reais para voltar ( melhor que um aluguel de carro não é?).

Mais uma obs: na orla tem bicicleta que pode ser alugada ( 5 reais 24 hrs e 10 reais o mês todo. Também é uma boa opção para conhecer q orla inteira). Se você for jovem aproveite. Vale muito a pena.

"Uma experiência de tirar o folego !!!"

Enviada por Elaine Cristina S Brandão

Foi a dois em Março/2018 e achou Excelente!

Inesquecível!!!,Inesquecível!!!
Inesquecível!!!,Inesquecível!!! Enviada por Elaine Cristina S Brandão

Acabo de voltar de Aracaju e confesso me surpreendi com tanta beleza!!! 


Fechamos alguns pacotes com a Jane Tur e um deles foi o combo que são 3 passeios em um só dia e saiu R$130,00 por pessoa já com a lancha. Por fazer esse passeio, ganhamos o transfer do aeroporto ao hotel. Fiquei preocupada se daria tempo de fazer 3 passeios em um só dia mas, foi maravilhoso!!! 

A empresa nos pegou no hotel às 7h50 e seguimos até a lagoa dos Tambaquis. Lá, pudemos entrar na lagoa e alimentar os peixes que como já estão habituados com os turistas, começam a te cercar assim que você entra na água. De repente você está entre dezenas de peixes lindos e dóceis pegando a ração na sua mão. 

Na lagoa tem infraestrutura para o turista com banheiros e lanchonete. Recomendo que levem uma tolha para tirar um pouco da água do corpo, pois a viagem segue. 

Em seguida, fomos para a praia do Saco que também tem infraestrutura para o turista. Na verdade essa praia é só um aporte para se pegar a lancha e seguir para Mangue Seco, somente uma passagem na ida e na volta. Mangue Seco é um charme de lugar!!! Na cooperativa, alugamos o bugue que não está incluso no pacote e sai R$140,00,  podendo transportar até 4 pessoas. 

Daí em diante é só emoção!!! São feitas paradas durante percurso para se tirar fotos e vislumbrar um visual inesquecível. Ao chegar em Mangue Seco existem restaurantes com quiosques e redes, uma comida típica muito saborosa e bem feita. Peça a comida assim que chegar para não perder tempo, isso é fundamental para não se estressar. 

Existe uma infra rudimentar, com banheiros em madeira, afinal, estamos em dunas. Existe uma ducha para tirar a água salgada do corpo. Tanto os banheiros como a ducha ficam no alto de uma duna mas que dá para subir com pouco esforço. 

Dai para frente é só se entregar e curtir o paraíso ao seu redor. Não deixem de fazer esse passeio, é simplesmente divino!!! 

"Passeios e hospedagem"

Enviada por Rebeca goncalves

em Março/2018 e achou Excelente!

Enviada por Rebeca goncalves

Boa noite galera! Como sempre utilizo as dicas desse site antes de viajar e até para decidir alguns passeios e locais de hospedagem,nada mais justo do que agora compartilhar minhas experiencias na visita a Natal RN, que aconteceu de 13/03/2018 a 21/03/2018.

No 1° dia ficamos na praia de Ponta Negra e realmente o que as pessoas falam é verdade! Impossivel caminhar pelo calçadão da praia sem ser pertubado com frequencia.

2°dia - fomos á Pipa pela Luck Receptivo (super recomendo), eles tem pontos de apoio super otimos. Ficamos na praia do Madeiro (golfinhos) e depois na praia do Amor, no restaurante Amô. 

3°dia - fomos a Genipabu de ônibus (Luck Receptivo) e de lá fechamos o passeio de buggy de 1h30, R$ 75 por pessoa. As dunas são lindissimas e a praia de Genipabu tambem. A noite fomos no Forró com o Turista, que acontece toda quinta no centro e é muito legal e divertido.

4° dia - fomos ao Tao Paradise, que fica em Catolé, é um passeio bem longe e de dificil acesso. Conseguimos um motorista que nos levasse e buscasse por 300 reais. Este passeio tem que ser reservado antes de ir pois é muito concorrido e limitado a 10 pessoas por dia. É um paraíso escondido o local é privado e dispõe de almoço e petiscos durante o dia. Quem puder pesquisar sobre o local eu indico... rende belas fotos e é um passeio super novo, muitos guias de Natal ainda nao conheceram este lugar ainda de tão novo que é.

5°dia - ficamos no espaço beach que nosso hotel (Praiamar Express) oferecia, à beira-mar. Ótimo para descansar bastante. A noite fomos jantar no tão falado Camarões e é realmente tudo o que falam mesmo, um pedido serve 2 pessoas e até 3, dependendo do tanto que comerem, e os valores variam de 100 a 200 o prato. Dizem que é o melhor de Natal e nós concordamos! Logo em seguida fomos a feira de artesanato.

6°dia - fomos no melhor passeio que fizemos que foi para Maracajaú (Luck Receptivo) é imperdivel que façam este passeio junto com o parque aquatico, ja que o mar lá nao é bom para banho e o parque é M A R A V I L H O S O. Super vale a pena o investimento $$.

7° dia - fomos de Uber para conhecer a praia do Forte, que tem arrecifes que formam piscinas naturais (a estrutura de alimentacao nao se compara com Ponta Negra, pois esta praia é área residencial, a agua de coco é 1 real! Os sorvetes sao 2,50 e as barracas sao gratis!). A praia é linda e indico para quem quer tranquilidade, porque em Ponta Negra nao é possivel (infelizmente).


Tambem conhecemos a praia dos Artistas e seus shoppings de artesanato. A noite fomos no Festival de Food Truck que tem na Av Engenheiro e fica de frente ao hotel que estavamos  (Praiamar), preços justos, ambiente lindo e limpo.

8° dia - pegamos o Uber e fomos até o maior cajueiro do mundo e o ingresso custa 8 por pessoa (inteira) e 4 (meia) é um passeio super rapido, mais para tirar fotos mesmo, nao ficamos lá nem 20 minutos, de lá seguimos para o Mirante dos Golfinhos e sim!! Nós vimos muuuitoos golfinhos! Ficamos lá mais uns 20 min e depois seguimos para a praia do Cotovelo e ficamos ate o final do dia. A melhor coisa foi ter feito esse passeio sem agencia de turismo,fizemos nosso horario e aproveitamos a nosso gosto. A noite fomos jantar no Fogo e Chama - lá tem duas opcoes de se servir: R$ 8 100 gr ou o rodizio de carne e frutos do mar, R$ 60 por pessoa, optamos pelo rodizio e comemos ate falar chega! Rsrs

9° dia  - ficamos no espaço beach (nao quisemos mais voltar para a praia de Ponta Negra).

Bom é isso... fizemos alguns passeios por conta e outros pela agencia. Existem outros passeios e pacotes mas aí varia com o gosto de cada um... optamos por fechar apenas os mais recomendados mesmo.

Ficamos hospedados no Praiamar Express, que tem uma otima localizacao! Perto da praia, de farmacias, restaurantes, feiras de artesanatos.

"Carnaval 2018"

Thamires Andrade

Enviada por Thamires Andrade

Foi a dois em Fevereiro/2018 e achou Excelente!

Cachoeira do Meu Deus - Vale das Ostras
Cachoeira do Meu Deus - Vale das Ostras Enviada por Thamires Andrade

Pesquisamos bastante antes de ir e escolhemos ficar no bairro Serra ao invés do Centro de Oporanga. Fechamos os passeios antes com o guia Jamilson, super recomendo! 


Ficamos hospedados na pousada Jaguatirica Petar, um lugar muito aconchegante, limpo, receptivo e rodeado de pessoas que realmente se importam em oferecer o melhor para o cliente. a hospedagem incluía café da manhã (muuuuito bom) e jantar (muuuuito bem servido e gostoso), super recomendo!

Núcleo Ouro Grosso (se você está no bairro Serra você consegue ir andando). Primeiro fomos a caverna ouro grosso. é uma caverna com água onde você pode se banhar em uma cachoeira dentro dela. A água é bastante gelada, mas tem que entrar, vale a pena! Consideramos como nível fácil.

Caminhamos até chegar na caverna Alambari. é uma caverna com entrada muito grande e bonita, com água também mas sem cachoeira, você passa por um rio segurando por uma corda. Experiência única também! Consideramos como nível fácil. 

Vale das ostras (precisa ir de carro pois pega estrada, é próximo a caverna do Diabo). Fizemos o circuito com 16 cachoeiras, terminando na cachoeira do Meu Deus... ela é extremamente bonita, grande e é possível entrar em uma caverna após passar a queda dela. Tem que ir! Consideramos como nível fácil, o começo da trilha é mais puxado, mas depois é tranquilo. 

"Carnaval 2018 - Parte 2!"

Thamires Andrade

Enviada por Thamires Andrade

Foi a dois em Fevereiro/2018 e achou Excelente!

Cachoeira do Couto
Cachoeira do Couto Enviada por Thamires Andrade

Caverna Temimina
É uma trilha puxada e demorada, mas vale muuuito a pena ! Ela é diferente de todas as cavernas, é enorme e tem um jardim no meio. Em seu interior tem o famoso "chuveirão", onde é possível se banhar em uma queda de água fina como de um chuveiro mesmo. Consideramos como nível intermediário (em SP somos meio sedentários, se você pratica exercícios vai tirar de letra rs). VALE A PENA!

 Núcleo Santana
Era um dia chuvoso, mas mesmo asim não abrimos mão de conhecer o núcleo mais famoso. Começamos pela caverna Santana: ela é a mais modificada para atender ao publico, mas suas formações são algo que você não irá ver nas outras cavernas, VALE A PENA! 


Depois seguimos para caverna Morro Preto: Sua entrada é muito bonita, ficamos um bom tempo sentada curtindo a vista dessa caverna (de dentro pra fora). Por fim fomos para a Caverna do Couto, andamos até sua saída, um espaço que tem que ir! Existe uma pedra de um formato Z enorme e lindo. No final curtimos a cachoeira do Couto (gelada e linda) e a piscina natural. Estava chovendo, só curtimos o visual!

Bóia cross
Você desce o rio em uma câmara de ar de caminhão amarrada, experiência única rs. Mas tem que tomar cuidado com as pedras. Fechamos esse passeio com o Gaúcho, ele foi super atencioso e enviou dois meninos para ir com a gente (uma pra cada), no fim do circuito nos buscou e deixou na pousada! Fizemos o bóia cross de manhã, voltamos para tomar banho e partimos para SP.

"Encontro das águas"

Jaqueline

Enviada por Jaqueline

Foi com a família em Março/2018 e achou Muito bom

Elas não se misturam. Lindo demais! Espetáculo da natureza.
Elas não se misturam. Lindo demais! Espetáculo da natureza. Enviada por ROSA LIMA - CID. NOVA - MANAUS

O passeio dura o dia inteiro e consiste em nadar com botos, conhecer uma tribo indígena, almoçar em um restaurante flutuante, conhecer as vitórias régias e ir até o encontro das águas.


O passeio é muito legal, mas minha dica é fazer com uma agência menor ou um passeio mais personalizado. Fomos com uma grande agência, a Amazon Explorer, e foi tudo muito corrido, não dava pra conversar direito. Tinha mais de 30 pessoas no barco com a gente e o guia ficava nos apressando. 

No nado com os botos, pode entrar 10 de cada vez e era assim, já viu, passou a mão, sai pro outro grupo entrar, tudo muito rápido. Na vila dos índios, acabou a apresentação, ele já falava para irmos para o barco. 40 min para almoçar e ele já estava atrás da gente para seguirmos em frente. 

N encontro das aguas, o barco chegou lá, deu uma volta e foi embora. Então, fica a dica de procurar algo com menos pessoas e curtir mais. É um passeio que é muito legal se for com mais tempo....

"Férias 2018"

Enviada por Nairan Andretti

em Fevereiro/2018 e achou Excelente!

De bugue
De bugue Enviada por Nairan Andretti

Acabo de retornar de Maceió com minha família...assim como peguei muitas dicas aqui, agora também irei descrever como foi nossa viagem para que outras pessoas também consigam algumas dicas.

Viajamos eu, minha mãe e meu irmão. Chegamos no dia 18/03/18 e retornamos no dia 25/03/18.

Durante esses dias fizemos 6 dias de passeios e deixamos o dia da chegada e retorno livres.

1º passeio - São Miguel dos Milagres - lugar paradisíaco, calmo (quase deserto), água quentinha e a natureza é linda! Bom para descansar e contemplar mesmo a natureza do lugar. Tem opção de passeio para as piscinas naturais, porém não fizemos pois ainda iríamos a Maragogi.

2º passeio - Maragogi - O passeio depende da tábua de maré e nesse dia que fomos pegamos 0.6 m. Não é a melhor tábua, mas deu para conhecer, mergulhar bastante e ver muitos peixinhos.
Eu e meu irmão fizemos o mergulho com cilindro e na minha opinião não vale muito a pena, pois da para ver praticamente tudo o que vimos com o snorkel (que também pode ser alugado e se não me engano custa 5 reais); Pagamos também pelo serviço de fotos e esse sim valeu a pena.
Resumindo...na minha opinião, caso não tenha tempo para ir a Maragogi dá para conhecer outras piscinas naturais tão bonitas quanto, como por exemplo em Pajuçara.

3º passeio - Francês/Barra de São Miguel/Gunga - Nesse passeio fazemos uma breve parada na praia do Francês e depois em Barra de São Miguel para conhecer e tirar fotos e depois partimos para praia do Gunga onde passamos o dia. Amamos o Gunga.. na minha opinião foi o melhor passeio de todos. Claro que todos os lugares tem a sua beleza e algo de especial, mas se colocar na balança considerando estrutura na praia, passeios disponíveis e beleza o Gunga é o vencedor! Lá fizemos o passeio de buggy até as falésias (que lugar maravilhoso!!!). Não deixem de fazer esse passeio..também tem a opção de fazer de quadriciclo.
Ah..não deixe de ir no mirante do Gunga..a vista lá de cima é demais!!!

4º passeio - Dunas de Marapé - Complexo Dunas de Marapé...pegamos a opção do passeio que incluía a travessia de barco, almoço e também um passeio de pau de arara na região (melhor ponto do passeio é conhecer as falésias de Jequiá da Praia...lindo demais!). Em relação ao almoço achamos que valeu muito a pena, pois você pode se servir a vontade e fomos no dia que tinha camarão de todos os jeitos..nos fartamos. Em relação a estrutura do complexo achei boa e também é possível ver o encontro do rio com o mar (perfeito!).

5º passeio - Capitão Nikolas - Fica em Barra de Santo Antônio e é um resort onde é possível passar o dia pagando o day use (R$ 25 por pessoa). Nós amamos a estrutura, onde tem redes, espreguiçadeiras, piscina..é possível ficar tanto na praia como na piscina. Fizemos o passeio de quadriciclo até Carro Quebrado...acho que vale a pena..foi muito bom e o lugar é maravilhoso!

6º passeio - Piscinas naturais de Pajuçara - Como ficamos hospedados em Ponta Verde optamos por passar o dia na praia de Pajuçara..tem várias barracas ao longo da orla onde é possível alugar guarda sol e cadeiras. Na praia mesmo você encontra pessoas vendendo o passeio até as piscinas naturais. Conseguimos fechar a R$ 80 para 3 pessoas..a travessia até a piscina é de jangada e cabem até 6 pessoas. Minha mãe ficou um pouco receosa, mas foi bem tranquilo a travessia e também tem colete, onde o uso é obrigatório para realizar a travessia. Chegando lá pegamos a água na cintura e vimos muuuuiiito peixes, mais até que em Maragogi, por isso falo que valeu muito a pena.

Bom..é isso! Espero que possa ajudar algumas pessoas, assim como me ajudaram por aqui.
Espero poder retornar em breve.

"Tranquilidade em família no Balneário do Sol"

Enviada por Alessandra Barbosa

Foi com a família em Abril/2018 e achou Excelente!

Olha o Kiko ai ...
Olha o Kiko ai ... Enviada por Alessandra Barbosa

Aproveitar o dia todo entre peixes, cachoeiras, tirolesa e muita alegria. Além do Kiko (arara vermelha), tem um búfalo para montar e uma lhama para apreciar. Restaurante show de bola com um trio perfeito de indicação para quem quer provar peixes: pintado, pacu e tilápia ao mesmo tempo. Estrada de terra, mas com perfeição para andar...

"Happy Hour no lugar mais charmoso de Flores da Cunha"

Vinhos Monte Reale

Enviada por Vinhos Monte Reale

Foi com amigos em Março/2018 e achou Excelente!

Vinícolas promovem happy hour
Vinícolas promovem happy hour Enviada por Vinhos Monte Reale

Todas as quintas-feiras, a Vinhos Monte Reale abre as portas da cervejaria Alem Bier e do restaurante para um happy hour, com música, cervejas artesanais e cozinha contemporânea.

"O incrível Litoral Norte da Paraíba"

Vilma Duarte

Enviada por Vilma Duarte

Foi com a família em Fevereiro/2018 e achou Excelente!

Oi gente, boa tarde! Eu sou a Vilma do ES e estou aqui pra compartilhar com vocês a minha experiência em João Pessoa na Paraíba. Li várias dicas aqui que foram muito produtivas e por isso resolvi retribuir de certa forma. 


O passeio que mais gostei foi para o Litoral Norte. É incrível. Nele, visitamos praias belíssimas, fortalezas do período imperial, igrejas, ruínas, rios e pasmem, aldeias indígenas. Sim, aldeias indígenas! Pra mim foi o melhor de tudo poder mergulhar naquela cultura, culinária, artesanato, algo que nas minhas viagens nunca vi parecido. Vale muito a pena. 

Fui de Jeep, com o guia Marcio, mas tem opção de buggy e carro normal também. De buggy eu não gosto por que já estou velha pra isso, mas o jeep é legal, ar condicionado, então, dá se divertir. Espero que vocês gostem de João Pessoa, vale muito a pena!

Mais dicas

Envie sua dica

Pesquisar por cidade

Copyright 2000-2018 Férias Brasil© Todos os direitos reservados.