Parque Nacional de Iguaçu - Foz do Iguaçu (PR)

Banco de Imagens Destino Iguaçu

Dividindo o território com a Argentina, o Parque do Iguaçu, tombado como Patrimônio em 1986, é uma das mais importantes atrações do Brasil. Em 2015, o lugar superou a marca de 1,5 milhão de visitantes. Suas passarelas revelam uma das paisagens mais deslumbrantes do planeta: as Cataratas do Iguaçu, um conjunto com 275 quedas que podem chegar a 82 metros. Os números relativos à fauna também chamam a atenção: são 257 espécies de borboletas, 18 de peixes, 12 de anfíbios, 41 de serpentes, 340 de aves e 45 de mamíferos. Beleza pura!

Reservas da Mata Atlântica (SP e PR)

Priscila Forone - Fumtur

O belo trecho da Mata Atlântica que se inicia na Serra da Juréia (Iguape/SP) e vai até a Ilha do Mel (Paranaguá/PR) foi declarado Reserva da Biosfera pela Unesco em 1991. A região contempla reservas que guardam os tesouros da Mata Atlântica: montanhas, florestas densas, ilhas e até dunas. No total, são 47 mil hectares que fazem parte da Serra do Mar. Entre as atrações, cerca de 300 cavernas, além do Parque do Superagui, em Guaraqueçaba (PR), que abriga ilhas, praias, aves e animais.

Costa do Descobrimento (BA e ES)

Divulgação Terravista Golf

A maior região de Mata Atlântica contínua do Brasil está na Costa do Descobrimento, entre o sul da Bahia (Una) e o norte do Espírito Santo (Linhares). São mais de 112 mil hectares de área protegida desde 1999. Nela, estão inclusos três parques nacionais (do Descobrimento, o Monte Pascoal e o Pau Brasil); duas reservas biológicas (Sooretama e a do Una); e três reservas especiais (Vera Cruz, Pau Brasil e Linhares), além de lindos centros históricos (Porto Seguro, Arraial d´Ajuda, Trancoso...) e reservas indígenas Pataxó. Belo roteiro para as férias!

Complexo de Áreas Protegidas da Amazônia Central (AM)

Raphael Baumberger

Patrimônio Natural desde 2000, a região central da Floresta Amazônica tem a maior área de proteção de todo o território, totalizando mais de seis milhões de hectares. O complexo é formado pelos parques nacionais de Anavilhanas e Jaú; e as reservas Desenvolvimento Sustentável Mamirauá e Amanã. A região é, ainda, uma das mais ricas do planeta em biodiversidade. Por lá estão inúmeras espécies de animais ameaçados de extinção como o pirarucu, o peixe-boi amazônico, o jacaré-açu e os botos. Na lista de riquezas naturais, destaque para as florestas de igapós, os lagos e os canais, que formam mosaicos aquáticos sempre em transformação.

Complexo de Áreas Protegidas do Pantanal (MT e MS)

José Medeiros

Formado pelo Parque Nacional do Pantanal e pelas Reservas Particulares do Patrimônio Natural de Acurizal, Penha e Dorochê, o complexo soma 187 mil hectares e abriga centenas de espécies ameaçadas. Tombada em 2000, a área é um fantástico mosaico das cinco regiões distintas que formam o Pantanal: Floresta Amazônica, Cerrado, Caatinga, Mata Atlântica e Chaco, que abrigam 650 espécies de aves - do total de 1,8 mil já catalogadas no Brasil. A mais espetacular delas é a arara-azul, além do tuiuiú, ave símbolo do Pantanal. E ainda tem os jacarés, as capivaras, os lobos, os veados... E para colorir ainda mais o cenário, lindos ipês roxos!

Áreas protegidas do Cerrado: Chapada dos Veadeiros e Parque Nacional das Emas (GO)

Silvio Quirino - Goiás Turismo

Os parques nacionais da Chapada dos Veadeiros e das Emas foram declarados Patrimônio Mundial Natural pela Unesco em 2001. As duas regiões são áreas protegidas do cerrado brasileiro, um dos ecossistemas tropicais mais antigos e diversificados do mundo. Diversas espécies de mamíferos podem ser encontradas como o tamanduá-bandeira, o tatu canastra, o lobo-guará e o veado campeiro. A Chapada dos Veadeiros abriga, ainda, uma quantidade imensa de paredões de pedra, vegetações, rios e cachoeiras, que forma um visual surpreendente.

Ilhas Atlânticas Brasileiras: Reservas de Fernando de Noronha (PE) e Atol das Rocas (RN)

Antônio Melcop

Os belos conjuntos de ilhas brasileiras foram tombados em 2001. O arquipélago de Fernando de Noronha, composto por 21 ilhas, rochedos e ilhotas, abriga uma das maiores colônias de aves marinhas, além de uma imensa variedade de espécies de peixes, golfinhos, tartarugas e corais - mergulhar nas águas cristalinas da ilha é tarefa obrigatória! Já o Atol das Rocas, a 80 km de Noronha, é um verdadeiro santuário onde vivem cerca de 150 mil aves de mais de 30 espécies.

+ Especiais do Brasil
+ Ideias de Viagens
Copyright 2000-2017 Férias Brasil© Todos os direitos reservados.