Aventureiro (RJ)

Francinete Fróes - TurisAngra

A bela e isolada praia de Ilha Grande fica dentro da área protegida pela Reserva Biológica. Em dias de mar agitado, forma boas ondas e atrai surfistas. Por lá não há luz elétrica e nem pousadas, apenas campings. Para acampar, porém, é preciso fazer um cadastro no Centro de Informações Turísticas de Angra dos Reis e escolher uma das embarcações legalizadas para realizar o trajeto a partir do cais de Angra. Para chegar por trilha, também é preciso ter autorização. Quem pretende apenas curtir algumas horas por lá, sem autorização, a dica é ir de barco (4h30 a partir da Vila do Abraão).

Carneiros (PE)

Christian Knepper

Uma das praias mais desertas do litoral sul de Pernambuco, soma característica que valem a viagem como os belos cenários contornados por mar calmo e transparente, recifes que formam piscinas naturais, areia branca, coqueiros e barracas rústicas que sevem o melhor da gastronomia local. E, para fechar a paisagem bucólica com chave de ouro, uma igreja branquinha à beira-mar, cercada por coqueirais, ocupa lugar de destaque na areia. Salve São Benedito!

Tabatinga (PB)

Cacio Murilo

Parada obrigatória antes de chegar à cobiçada praia de Tambaba, a praia de Tabatinga, em Conde, é especial por vários motivos. Além do cenário perfeito - enormes falésias, águas mornas e calmas protegidas por recifes e areias finas - oferece como bônus os 'maceiós', lagoas formadas pela água do mar (à esquerda). Caminhando para a direita, o rumo são as lindas formações rochosas. Não esqueça de levar um lanchinho - há apenas um bar e algumas pousadas na praia.

Ilha do Campeche (SC)

Markito

A Ilha do Campeche tem o mar mais bonito de Floripa, com 50 tons de azul e águas calminhas. Para completar, areias brancas e trilhas que levam a sítios arqueológicos com inscrições rupestres. As trilhas, porém, só podem ser feitas sob o monitoramento de guias, disponíveis no Centro de Visitantes. O acesso à bela praia não é dos mais fáceis: é preciso fazer uma travessia de 10 a 15 minutos em bote inflável desde a praia do Campeche; ou em barquinho de pescador por 30 a 40 minutos, partindo do trapiche da praia da Armação.

Cacimba do Padre (PE)

Gracie Croce

Uma das maiores praias da ilha - 900 metros de extensão - a Cacimba do Padre abriga um dos cartões-postais de Noronha: o Morro Dois Irmãos. E as belezas não terminam por aí. As águas são verdes transparentes e repletas de vida marinha, a areia é clara e fofa, e a vegetação nativa dos morros avança sobre a praia. No verão, as ondas chegam a cinco metros - mas se surf não é sua praia, vá ao menos para apreciar o pôr do sol!

Porto de Pedras (AL)

Rogerio Monteiro - Embratur

Por aqui, é preciso conhecer todo o conjunto da obra para escolher qual praia ?chamar de sua? (tudo bem, pode ficar com todas!). O cenário rústico que contorna Porto de Pedras e as vilazinhas ao redor faz da região uma das mais encantadoras da Costa dos Corais, entre Maceió e Recife. Quem segue para o sul chega à praia do Patacho, uma das mais perfeitas da região, com mar azul clarinho e recifes. A próxima parada é na praia do Lage, com coqueiros a perder de vista e água com os mais variados tons de verde e azul. O passeio segue até à vila de Tatuamunha, com uma praia quase sempre vazia e um riozinho frequentado por peixes-boi.

Espelho (BA)

Jota Freitas- Bahiatursa

Escondida entre as vilas de Trancoso e Caraíva, no sul da Bahia, a praia do Espelho é considerada uma das mais encantadoras da charmosa região. Perfeita por natureza e bucólica por vocação, reúne águas azuis que formam piscinas naturais, gigantescas falésias brancas e coqueirais. Juntam-se a este pedaço do paraíso o estilo das barracas de praia, que espalham esteiras de palha e espreguiçadeiras cobertas com almofadões coloridos pela areia. Uma dica, porém, é fundamental para garantir a exclusividade: venha na baixa temporada e em dias de semana.

Bonete (SP)

Prefeitura de Ilhabela

Selvagem e frequentada por surfistas, disputa com Castelhanos o título de praia mais bonita de Ilhabela (e do Litoral Norte de São Paulo!). São 800 metros de orla, com um rio no lado esquerdo e ondas boas para surf. As canoas da vila caiçara dão ainda mais cores ao cenário perfeito. O acesso não é fácil: por lancha (dependendo da maré, partindo de Perequê) ou por trilha (quatro horas de caminhada leve, a partir de Sepituba). Não esqueça de trazer água, lanche e o mais importante: repelente!

Ponta Grossa (CE)

Leslie Morrish

A praia reúne características que mais parecem descrição de obra de arte: falésias avermelhadas, dunas, coqueirais, mar verdinho, recifes e vila de pescadores. O cenário encantador é o ponto final dos emocionantes passeios de bugue - e que final! - e fica a 54 quilômetros de Canoa Quebrada. Uma dica: não venha com carro ?normal? pela praia, pois ela é cheia de pedras. Aposte sempre nos bugues.

Tourinhos (RN)

Umberto Montalto

A bela praia fica escondida na vila de São Miguel do Gostoso, pouso certo para quem procura sossego em cenário belo, rústico e aconchegante. Considerada a mais bonita da região, é semideserta e tem águas claras, ondas fracas, areias fofas e abriga uma duna petrificada de oito metros de altura. Em uma das pedras há uma fenda que, na maré alta, faz jorrar um jato d'água conhecido como "suspiro da baleia". E ainda tem mais: o pôr do sol é encantador. Os bugues levam até lá, mas prefira ir andando - são dois quilômetros que valem a pena.

+ Especiais do Brasil
+ Ideias de Viagens
Copyright 2000-2017 Férias Brasil© Todos os direitos reservados.