Sul da Bahia

Jota Freitas - Bahiatursa

Uma forte tendência hoje são as viagens reunindo avós e netos, tios e sobrinhos.... E não são poucos os destinos com opções para os dois públicos. O Sul da Bahia é um deles. Em Porto Seguro, enquanto os mais velhos relaxam nas praias de águas quentes, os jovens curtem o burburinho das barracas. Mas, certamente, na hora da lambaeróbica ou de um show de axé, vai estar todo mundo, junto e misturado, esbaldando-se na pista! Já as charmosas vilas de Arraial d´Ajuda e Trancoso encantam a todas as faixas etárias, com seus mirantes e casinhas coloridas típicas da Bahia.

Vale dos Vinhedos (RS)

Don Giovanni - Divulgação

A boa e farta mesa italiana, os hotéis confortáveis e a organização típica gaúcha fazem da região, escondida nos arredores de Bento Gonçalves, um paraíso para quem já passou dos 50 e não abre mão de sempre ter uma taça de vinho para brindar a vida. Nas muitas vinícolas do vale, as degustações de tintos, brancos, rosés e espumantes dividem a atenção com a vasta programação, que reúne piqueniques nos vinhedos, filmes e lounges ao ar livre, colheita de uvas e até passeios de 4x4 em meio a parreiras e cachoeiras - sempre com uma tacinha por perto!

Rio de Janeiro (RJ)

Divulgação - Museu do Amanhã

A programação cultural intensa - teatros, exposições e eventos em geral - é um dos trunfos da Cidade Maravilhosa. Acrescente aí os inúmeros museus para todos os perfis. Dos tradicionais, como Centro Cultural Banco do Brasil e Museu de Belas Artes, instalados no Centro; aos mais modernos - Museu do Amanhã e MAR -, que movimentam ainda mais o Boulevard Olímpico, na Praça Mauá. Para fechar os trabalhos, que tal uma volta pelo bairro de Santa Teresa? O acesso é por um bondinho e, uma vez nas ruas tomadas por ateliês, escolha um dos muitos restaurantes da área para almoçar ou petiscar - nos cardápios não faltam pasteis, empadas, caldinhos... delícias preferidas dos cariocas!

Litoral Alagoano

Luiz Eduardo Vaz - Setur AL

O ponto de partida é a capital Maceió - já repleta de belas praias e ótima estrutura à beira-mar. Seguindo para o litoral Norte ou Sul, mudam os cenários, mas as águas azul-bebê emolduram todos os lindos cenários. Tomando o rumo de Recife (Norte), surgem paisagens intocadas como as das praias de São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras. Partindo para o Sul, o ponto final é a histórica e bela cidade de Penedo, às margens do Rio São Francisco. De lá partem barcos que levam ao encontro da foz do rio com o mar, formando uma paisagem que mescla o dourado das dunas com o azul intenso das lagoas.

Brumadinho (MG)

Marcelo Coelho

O Instituto Inhotim é a principal atração da cidade, a uma hora de Belo Horizonte. Misto de museu de arte contemporânea a céu aberto e jardim botânico, o espaço merece uma vista sem pressa, em pelo menos dois dias inteiros. Para facilitar a locomoção em meio às galerias e pavilhões de artistas plásticos consagrados e espalhados por uma área de 140 hectares, carrinhos de golf circulam pela área. Mas não deixe de circular um pouco a pé e descansar nos gigantescos bancos de madeira, verdadeiras obras de arte.

Balneário Camboriú (SC)

Silvia Bomm- Setur/BC

Outra ótima pedida para quem viaja com netos ou sobrinhos é a agradável cidade catarinense. Para apreciar a bela orla da Avenida Atlântica, caminhadas e passeios de bicicleta reúnem os variados públicos. E na hora de ver tudo de cima, bondinhos modernos levam ao Parque Unipraias, com mirantes e atividades de lazer e aventura para todas as idades - de trenó a tirolesa. Os fãs de esportes náuticos podem esticar até Bombinhas para mergulhar em verdadeiras piscinas naturais. E se a pedida for por adrenalina, é só seguir para Penha e se acabar nas inúmeras atrações do Beto Carrero World.

Recife e Olinda (PE)

Andrea Rego Barros

A terra do bolo-de-rolo oferece muito mais que os passeios pelo calçadão da praia de Boa Viagem. Na capital, as novidades ficam por conta dos Armazéns do Porto, instalados no Centro Histórico, às margens do encontro do rio Capiberibe com o mar. A partir do Marco Zero, turista e moradores fazem a festa na área revitalizada, repleta de restaurantes, bares e lojas, além de uma intensa programação cultural nos museus Cais do Sertão e Paço do Frevo. Sem contar a vista, que descortina o Parque das Esculturas de Francisco Brennand, com obras instaladas em arrecifes. Visitar a oficina do artista, aliás, é programa imperdível, assim como se perder nas ladeiras e Olinda.

Cidades históricas de Minas

Gil Leonardi Impensa MG

No concorrido roteiro, Ouro Preto e Tiradentes saem na frente. A primeira, por conta das igrejas riquíssimas que se espalham pelas ladeiras. A segunda, pelo charme de suas ruas calçadas em pés de moleque e tomadas por ateliês, lojas de artesanato e muitos restaurantes para saborear a divina cozinha mineira. Mas que tal incluir Diamantina na rota? A linda cidade é palco para as Vesperatas, concertos ao ar livre que acontecem duas vezes por mês, com um repertório que vai além dos clássicos, incluindo samba e MPB.

Caldas Novas (GO)

Divulgação Hot Park

Destino clássico da turma que passou dos 50, a região capricha na hora de receber seu público cativo, que hoje chega em companhia de filhos e netos. Os confortáveis hotéis estão sempre investindo em novas atividades nas piscinas de águas quentinhas. E os parques não ficam de fora, oferecendo, além de toboáguas, atrações também para quem busca uma hidromassagem, um bar molhado e até uma "praia" com espreguiçadeiras, areias brancas e coqueirais!

Paraty (RJ)

Tuca Vieira - Divulgação FLIP

A encantadora cidade histórica à beira-mar atrai gente de todas as idades, de todos os sotaques e idiomas. Quem resiste a começar o dia fazendo um passeio de barco em meio a águas verdes cristalinas, seguir para um passeio a pé em meio ao casario e terminar o dia em um restaurante de frutos do mar fresquinhos? Entre uma atividade e outra, tem uma pausa para um café, para umas comprinhas nas lojas de arte e para uma visita às igrejas, museus e espaços culturais. E mais: a programação de eventos é intensa e animada!

Conservatória (RJ)

Divulgação Espaço Sonora

Foi-se o tempo em que as serenatas - evento tradicional de Conservatória - atraía somente os idosos. Os mais jovens, muitas vezes acompanhando a família, descobriram as delicias de sair cantando pelas ruas noite afora e engrossam os coros. E a cantoria ganhou mais espaço, acontecendo também durante o dia, movimentando os fins de semana inteirinhos. Para completar, a cidade ganhou o Espaço Sonora, uma casa com clima saudosista e retrô, com um pequeno palco para apresentações teatrais e musicais sobre a MPB. Tudo a ver!



Compartilhe:
+ Especiais do Brasil
+ Ideias de Viagens
Copyright 2000-2018 Férias Brasil©