Dicas de Viajantes

Dicas em Destaque

Envie sua dica

"Barulho, muita musica alta sem parar!"

Nina

Enviada por Nina

Foi a dois em Janeiro/2019 e achou Ruim

Olá! Com tristeza estou conhecendo Morro de São Paulo (jan/2019). Um barulho infernal! Música o tempo todo, dia, noite e madrugada, nas alturas, vindo dos bares, dos barcos, das mochilas... Que horror! Que tipo de público se esperam trazer com esta bagunça??? Para ter um pouco de silencio preciso de me trancar no quarto e ligar o ar condicionado! Barulho do mar? Nem pensar!

Na entrada, paguei R$ 15,00 de contribuição e havia uma placa alertando sobre a lei do silencio. É uma brincadeira, né? A lei é para ser desobedecida e o turista iludido?

Além disso, destaco que a poluição sonora pode ser um crime ambiental! Com certeza a perda será não somente financeira, mas também para os animais que aqui vivem.

Atenciosamente
Nina
21/01/2019

"Praia do Carneiros Linda Maravilhosa! ! Mas Charretes de cavalos???"

Enviada por Celis

em Fevereiro/2019 e achou Muito bom

Estive agora em fevereiro 2019 em Porto de Galinhas. Praias maravilhosas. Não dá pra dizer qual é a mais bonita!

Mas posso dizer com qual me decepcionou mais. PRAIA DOS CARNEIROS... Não por sua falta de beleza, não, é maravilhosa! O que me chocou foi o mau gosto de ter charretes com cavalos na praia!! Oi!!!!

Além de eu achar uma tremenda judiacao com esses animais . O dia todo pra lá pra cá levando turistas...Oi! !!! Turista acorda! !!

Vc foi pra praia, esta passeando, vai caminhar a PÉ !sinta a areia nos seus pés ...sinta a agua morninha daquele mar maravilhoso !!Quer ver a igrejinha? Anda e aproveita olhe as belezas que estão a sua volta sem machucar um ser vivo!!!

Quer comodidade? Vai pra um Resort.
Esses animais são mau tratados. São amordaçados, chicoteados e sabe mais o que!!! 

Reclamar com os donos das Charretes, eu reclamei... nem ligou, reclamar na prefeitura...Não sei...

Então, peço a você, turista como eu, ponha a mão na consciência e no coração. Não ande nas charretes!!!



"Olímpia Paraíso das Águas Quentes"

Enviada por Renato

em Janeiro/2019 e achou Excelente!

vista parcial do Thermas
vista parcial do Thermas Enviada por judith cancissu
Estivemos em Olímpia, onde ficamos dois dias no Thermas dos Laranjais e um dia no Hot Beach. Ficamos no Hotel Portela III, muito bom, nada de luxo, mas limpinho, confortável, funcionários receptivos, café da manhã muito bom. 

No Thermas dos laranjais, o parque é imenso, muitas opções radicais e também para crianças. Em questão de piscinas, tobogãs é imbatível. Em breve terá novas atrações, que será o lendários, tá saindo do forno apenas aguardando a chegada das boias do Canadá. Tá prontinho, vem mais emoção e adrenalina por aí. 

Os preços praticados dentro do park é razoável. Fomos na sexta 25 de janeiro 2019 e no sábado. Recomendo a levar lanche de fora, não há revista de bolsas, pode entrar de boa. 

Na sexta o movimento estava bem menor que no sábado. Por isso melhor ir durante a semana. Critica falta de Bebedouro dentro do park e a insistência de vendedores de apto que toda hora fica abordando as pessoas. 

Lugar maravilhoso, imensa opção de piscinas, todas quentes, quase 50 opções.  

Hot Beach - para quem tem criança é um local ideal. Fomos no domingo, 27 de janeiro 2019, bem tranquilo, vazio. Não há muitas opções de tobogãs radicais. Apenas 3 opções. O restante voltado para crianças, algo mais calmo. Local muito bonito. Mas não se vê obras de expansão igual ao Thermas dos laranjais. 

Para quem quer tranquilidade e tiver crianças é o local ideal. Critica - não há Bebedouro de Água dentro do parque. Valores absurdos cobrados na alimentação. Dica traga de fora. Funcionários bem receptivos. 

Dica - como é um local tranquilo e sobra mesas não compensa alugar armário para deixar as coisas. Mas foi ótimo. Quem vem a Olímpia não quer ir mais embora.

Ah na cidade também tem várias opções de alimentação e os preços são bons. Se não conhece, venha que não irá se arrepender. Ótimos parques mas igual a Thermas do Laranjais não há. Fica nossa dica e bom passeio.

"O melhor dinheiro gasto da minha vida!!!"

Enviada por Alessandra Gomes Houdjakoff

Foi sozinho em Janeiro/2019 e achou Excelente!

Vista do Mirante antes da Segunda Praia
Vista do Mirante antes da Segunda Praia Enviada por Alessandra Gomes Houdjakoff
Aproveitei muitas das dicas dadas aqui no site, por isso resolvi fazer um relato breve da viagem, inclusive atualizando algumas das informações disponibilizadas aqui. 

Sem sombra de dúvidas é o lugar mais lindo que já visitei até hoje. As praias que podem ser movimentadas ou quase desertas tem águas super claras, quentes, piscinas naturais (na maré baixa) e peixinhos que podem ser vistos sem a necessidade de equipamentos (se tiver, vale a pena levar).

1. Fui de ônibus até Valença e lá optei por uma lancha até Morro de São Paulo, pois já estava cansada da viagem, foram 24 horas dentro de ônibus. O valor da lancha foi R$ 25,00. Na volta quando fui embora optei pelo barco + ônibus no valor de R$ 12,00, mas acabou sendo melhor porque o ônibus que pega após o barco me deixou próxima da rodoviária e não precisei pagar taxi.

2. A alimentação não é tão cara assim, um prato executivo estava custando de R$ 19,00 a 25,00 dependendo da carne, no entanto se quiser comer peixe e frutos do mar vai ter que desembolsar uma grana a mais. 

Na ilha tem mercados, lanchonetes e também muita gente vendendo salgados/pães na rua a preço acessível. Comi o acarajé da Rua da Fonte Grande é muito bom! As tortas do Café Caramelo são uma delícia! E a comida do famoso Papoula não achei lá essas coisas, na verdade achei sem tempero e praticamente tive que brigar com as moscas do local pra comer.

3. Faça o passeio de volta a ilha vale muito a pena, mas confirme com a empresa o horário de saída, pois marcam 9:00 e acabam saindo mais de 10:00 e dependendo da maré esse atraso acaba prejudicando a visita das piscinas naturais, principalmente de Morerê porque quando chega lá a maré já está alta. Paguei R$ 180,00 (bem acima do valor que estavam cobrando na baixa temporada), o passeio dura o dia todo e foi bem proveitoso. Aqui vale a pena alugar um snorkel se você não tiver levado.

4. Veja o pôr do sol em Gamboa foi o mais lindo e achei melhor que assistir do mirante que fizeram próximo ao farol.

5. Separe um dinheiro para as lembranças de lá, isso custa mais caro que em outros lugares como Porto Seguro por exemplo.

6. De hospedagem recomendo o Hostel Escorregue no Reggae, pessoal atencioso, café da manhã bem servido, e sempre que o quarto estava precisando de uma limpeza tínhamos nosso pedido atendido. Fiquei em quarto compartilhado feminino com 6 camas.

No mais, vá preparado para andar bastante, subir ladeiras e curtir muita praia!

"Férias em Maceió"

Rodrigo Aguiar Pagani

Enviada por Rodrigo Aguiar Pagani

Foi com amigos em Dezembro/2018 e achou Excelente!

Vista da orla
Vista da orla Enviada por FERNANDO RODRIGUES
Após seguir diversas dicas daqui, optamos em passar 5 dias em Maceió. Ficamos hospedados no hotel Best Western Premiere, em Pajuçara, hotel excelente, com atendimento e quartos ótimos.

Conforme recomendações, contratamos um guia particular, por meio da Jonata Turismo, que sempre nos atendeu de forma excelente, muito prestativo. O guia que nos foi enviado é o Joelisson, um rapaz muito gente boa e profissional, sempre nos ofereceu a melhor qualidade no serviço e ainda nos dava dicas sobre os locais.

1º dia: Chegamos em Maceió à tarde e estava chovendo, nesse dia ficamos no hotel e saímos para comer numa ótima churrascaria nas redondezas chamada Mister Grill.

2º dia: Optamos por realizar o passeio das três praias (Francês/Barra de São Miguel/Gunga), praias muito boas, o principal destaque vai para o passeio de quadriciclo que fizemos na praia do Gunga, nesse passeio você pode conhecer as falésias e uma praia isolada que fica próximo ao local, tudo muito lindo.

3º dia: Fomos para a praia de Capitão Nikolas, local excelente, super tranquilo e ótimo para descansar, além da praia você também tem a piscina no local, o day use estava no valor de R$ 25,00.

4º dia: Fomos à praia de Ipioca, que fica no Hibiscus. Como estávamos em grupo, optamos pelo setor lounge, que vale muito à pena. Lugar maravilhoso e bem tranquilo. Day-use de R$40,00.

5º dia: Visitamos a Feirinha de Artesanato em Pajuçara. Ótimo local para se comprar artesanatos locais para levar de presente a familiares.

"Melhor praia de Natal"

Enviada por Daniele

Foi a dois em Dezembro/2018 e achou Excelente!

Demais!
Demais! Enviada por Mônica Rodrigues
Barra de Tabatinga - Cercada por arrecifes, foi considerada por mim e pelo meu marido a melhor praia de Natal, mar calmo, limpo, poucas pessoas e vendedores. Fomos 3 dias e ficamos na barraca Brisa do Mar, atendimento e comidas excelentes.

"Melhores praias de Natal"

Enviada por Daniele

Foi a dois em Dezembro/2018 e achou Excelente!

Natal me surpreendeu muito, não esperávamos encontrar algo tão bom quanto foi Maceió. Nos hospedamos no Comfort, hotel excelente, próximo da orla de Ponta Negra.

Alugamos um carro na Movida e o pegamos no aeroporto, estrada totalmente acessível e sinalizada, chegamos de madrugada e foi super tranquilo.

Fomos à praia de Cotovelo, bem pertinho de Ponta Negra, uns 10 km. Praia urbana e mar um pouco agitado.

Na praia de Pirangi contemplamos o Cajueiro que fica próximo à praia e amamos o mar, com maré baixa dá pra curtir um banho com leves ondinhas, uma delícia.

A praia de Genipabu fica uns 30 km de Ponta Negra, a única que fomos no sentido norte. Mar mais agitado, mas dá para entrar com a maré baixa. Belíssimas dunas e camêlos.

Agora a praia mais paradisíaca com certeza é Barra de Tabatinga, no município de Nísia Floresta, fica poucos quilômetros após Pirangi. Não há entradas à vista, apenas algumas entradas laterais de areia junto à BR, por isso tem que prestar muita atenção, senão vc passa direto. Fomos 3 dias lá, pra quem gosta de paz, mar calmo e preço justo lá é o lugar, ficamos na barraca Brisa do Mar, pesquisem no google que o GPS te coloca lá.

Visitamos também a praia de Barra do Cunhaú, uns 100km de Ponta Negra, um vilarejo super bonitinho, mas muito difícil de chegar, utilizamos 2 GPS e mesmo assim eles se perderam. Encontro de lagoa com o mar, em um lugar super isolado. Gostamos mas Barra de Tabatinga é bem melhor e mais fácil de chegar.

"Passeio nas Dunas e lugares Exclusivos"

Enviada por Regina gastaldi

em Janeiro/2019 e achou Excelente!

Ontem tivemos um dia inesquecível!

Saímos do nosso hotel em Ponta Negra as 8h30 e fomos para Praias urbanas, ponte Nilton Navarro, praia da Redinha, praia da Redinha nova(Aquário Natal), lagoa de Jenipaba, dunas fixas(Dromedários), praia de Santa Rita, praia de Jenipabu, praia de barra do rio(Travessia de balsa), praia de Graçandu, dunas de Pitangui, lagoa de Pitangui, dunas douradas.


Em especial o deserto dos anjos, onde descemos uma duna a pé e nos deparamos em uma charmosa lagoa chamada de ?lagoa do amor? que deu no Vale do Silêncio, lindissiomo com uma parada em uma barraca super exclusiva com Caipirinhas e sucos de frutas regionais e o melhor Espeto de lagosta do mundo!!!

Seguimos para lagoa comprida, dunas de Jacumã, (Skibunda, Skiagua e tirolesa), praia de Muriu,praia de Porto mirim, praia de Jacumã, praia de Pitangui, praia de Barra do Rio, travessia de balsa.

Assistimos um por do sol maravilhoso nas dunas com direito! Inesquecível!

Chegamos no hotel por volta das 18h completamente embasbacados com tamanha beleza de Natal!

Depois viemos a descobrir que nem sempre o buggueiro faz esse trajeto! São poucos que ficam de fato o dia interior a nossa disposição.... muitos fazem os passeios rápido para voltar e fazer mais viagens no mesmo dia!

Por isso indicamos o ROBERIO que faz esse passeio há 28 anos! Além de ser super conhecido e respeitado diante dos fiscais e dos demais fornecedores. Ele nos legou em lugares paradisíacos e principalmente sem aquele muvuca de turistas! Tirou foto, foi super atencioso e acima de tudo educado! Indicamos de olhos fechados pois cada real gasto valeu demais!

O buggy comporta até quatro pessoas.

"Praia do Pontal do Cupê e perfeita para ir com crianças"

Enviada por Norberto Guedes

Foi com a família em Dezembro/2018 e achou Excelente!

Belezas Naturais
Belezas Naturais Enviada por pensandoemfamilia
Estivemos em Porto de Galinhas no começo do mês de dezembro,desfrutamos das nossas merecidas férias com muita alegria e sossego . 

Optei em pesquisar serviços de passeios e lazer na internet pois em Porto de Galinhas e região tudo depende das marés, enviei inúmeros messages pelo e mail e whatsapp anunciados em redes sociais , tive um atendimento diferenciado, atencioso e muito simpático por parte do pessoal da Maracaipe turismo, a atendente cumpriu ao pé da letra tudo o serviço oferecido que na verdade ela organizou nossas atividades de acordo a tabela das marés o o resultado foi muito satisfatório.

Primeiro fizemos o passeio em bugue ponta a ponta ,muito tranquilo e seguro pois o motorista nosso guia nos deixou muito a vontade e ainda cuidou das nossas crianças enquanto dávamos um mergulho com minha esposa..rss (o passeio ponta a ponta vêm incluso uma sessão de fotos profissionais ..olha a dica!). 

Depois formos a Carneiros e a Ilha de Santo Aleixo, tudo organizado , tudo perfeito.
Então a nossa dica ai para quem esta com crianças pode confiar que certamente vai ter mais de uma família salva por esta equipe . 

desde já agradecendo e parabenizando a qualidade do site e as dicas valiosas
Abraços , Beto

"Maceió Inesquecível (2/2)"

Enviada por Carla

Foi com amigos em Dezembro/2018 e achou Excelente!

Lugar lindo
Lugar lindo Enviada por Carla
(...continuação)Dia 28/12, fomos para a Ilha de Croa, onde ficaríamos no Capitão Nikolas, o local fica mais ou menos a 1h de Maceió, ficando na metade do caminho de Maragogi. 

Chegamos no horário certo no Beach club, conseguindo uma mesa frente ao mar, excelente localização, estrutura que tem redes, espreguiçadeiras, piscina adulto e infantil, ducha, e passeios de quadriciclo que levam a praia de Carro Quebrado. Sinceramente, ao comparar Carro Quebrado a Maragogi sentimos que é um turismo mal explorado... 

O ponto de apoio lá não oferece grande variedade de coisas, a venda de vidrinhos de argila desenhados no valor de R$25,00 é o triplo do preço do que encontramos na feira da Pajuçara. O local é lindo,porém mal explorado. Vale o passeio pela aventura de dirigir o Quadri. 

Saímos de lá por volta das 15h e novamente nos divertimos com nosso já amigo Jonata, na viagem de volta... Papo super descontraído onde podemos conhecer um pouco da cultura de um povo tão sofrido, mas ao mesmo tempo tão alegre. 

No dia 29/12 fomos em direção a São Miguel dos Milagres, passeio que não iríamos fazer, por insistência de Jonata, trocamos Paripueira por São Miguel dos Milagres... Valeu muito a visita.  Chegamos em São Miguel por volta das 9h ficamos no restaurante da Ritinha, restaurante a beira mar, simples porém aconchegante, Jonata já havia no dia anterior nos reservado uma mesa lá, então ficamos mais uma vez frente ao mar, bem de frente aquelas redes preguiçosas que ficam no mar.

 No restaurante nos ofereceram o serviço de Buggy e embarcamos a conhecer as praias do Patacho e Lages, também incluso a ida ao Mirante da cidade. Quem nos levou foi o bugueiro Wellington, extremamente atencioso, nativo da região, nos encantou com a beleza e simplicidade daquele povo. 

As cidades de São Miguel dos milagres e Porto das pedras são extremamente simples, porém muito simpáticas, as casas por pequeninas que fossem, eram todas muito limpas, bem pintadas, muito bonitas, e o povo sempre com sorriso no rosto. Valeu muito a pena conhecer suas belas praias, nos deliciamos com um banho de mar, na praia do Patacho, mar lindo e limpo, temperatura maravilhosa, foto garantida no coqueiro da Grazi estar Passeio que valeu a pena, retornamos 1:30h depois para o restaurante, onde pudemos deliciar do único lugar da região c cerveja extremamente gelada, fez toda a diferença na nossa visita rsrrs e nos deliciamos com farto almoço servido. 

Cada prato do cardápio servia duas pessoas, com preços extremamente justos ao que era servido. Pedimos um prato com peixe, outro com camarão, Alem disso veio arroz,feijão,salada,macaxeira frita... Comida caseira, maravilhosa com preço justíssimo, valeu muito a indicação de nosso guia. Retornamos de lá por volta das 14:30h estávamos começando a ficar bem cansados da viagem, o calor estava bem pesado... Mas valeu muito a pena, voltamos ao hotel, e fim do dia aproveitamos para começar a compra das lembranças. 

Como havíamos almoçado muito bem, não nos preocupamos com comida nesta noite, fomos a feira de artesanato da Pajuçara na saga dos presentes e lembranças, tudo muito amável, vale a pesquisa por preços, pois se diferenciam bastante.

No dia 30/12 Gilberto nos esperava as 8h para ida as praias do francês Gunga e barra de São Miguel. Na visão de meu marido, melhor passeio da viagem... E já era o último. Porém maravilhoso. Como era o mesmo guia do dia anterior já tínhamos certa intimidade com ele, nos deixou muito a vontade e pudemos conhecer um pouco de sua história, muito legal esta troca de culturas e experiências...

Chegamos a barra de São Miguel de onde saem as jangadas, nosso guia Gilberto nos acompanhou e nos deixou a vontade para decidirmos de faríamos o passeio de Jangada ou se seguiriamos de carro, optamos pelo passeio, então ele seguiu com nossos pertences de carro pela rodovia, e nós embarcamos de Jangada, para a praia do Gunga. Que passeio encantador, no meio do caminho paramos nos recifes, onde há muitos peixinhos lindos, e em seguida paramos em um bar molhado, faixa de areia no meio do mar, onde são servidos drinks e cervejas, drink de abacaxi maravilhoso, não tão barato mas a paisagem e o banho de mar compensam...

Dali seguimos viagem a praia do Gunga. Lá já nos esperava o guia Gilberto mais uma vez com uma mesa a beira mar, pesinho na água. Aqui neste dia, este serviço do guia foi muito valioso. Casais que estavam na Jangada conosco, ficaram em mesas que não se via o mar, pois a praia é bastante cheia, mas um passeio que vale extremamente a pena. 

O Gunga é uma praia com muitos ambulantes, passeios diversificados, diversas culturas e povos diferentes, amamos o dia lá, encerramos nossos passeios, e nos preparamos para voltar ao hotel, por volta das 15h, na volta por nossa opção só passamos para conhecer a praia do francês, que é a praia da muvuca, muitos guarda sol por metro quadrado, mas também é uma praia divina que vale a visita.

Chegamos ao hotel e descansamos um pouco, por volta das 17h descemos para provar o famosíssimo chiclete de camarão do Parmegianno. Vale muito a pena pelo sabor e pelo preço. Prato que dizem servir 3 pessoas, serviu nos 4 satisfatoriamente. Prato aprovadíssimo, sobremesas do local também, vale conhecer!

Aproveitamos o fim da noite na piscina do hotel, e já nos despedimos deste pedaço de paraíso.
No último dia pela manhã decidimos por não ter horário, descemos mais tarde para o café, caminhamos pela orla e compramos mais algumas lembranças deste local mágico.
Hora de arrumar as malas, as 11h em ponto, conforme combinamos lá estava o guia João Ribeiro a nossa espera para ida ao aeroporto. Sem o serviço destes guias certamente nossa viagem não seria a mesma.

Como realizamos a viagem em dois casais, sai mais atraentes do que o aluguel de carro, já que a gasolina lá na região chega a casa dos R$5,00/LT. O trânsito tem horários que muda a direção, fazem bastante blitz de lei seca, e ninguém precisa se privar de beber para depois dirigir... Sem contar as reservas de mesas que são feitas, por gentileza, não nos cobraram nenhum real a mais por estes serviços!

Fica aqui meu extenso relato de viagem, para ajudar aos que estão planejando, assim como muito fui ajudada!
Estou a disposição!
Mais dicas

Envie sua dica

Pesquisar por cidade

Copyright 2000-2019 Férias Brasil©