São Paulo ganha Memorial da Fé, do artista Kobra

Obra de arte em memória das vítimas da Covid-19 fica na Zoa Oeste da capital paulista
19 de Maio de 2021

Eduardo Kobra assina painel que homenageia vítimas da Covid-19 Eduardo Kobra assina painel que homenageia vítimas da Covid-19 (foto: Felipe Del Valle)

Mesmo em um período tão triste, São Paulo ganhou cores no começo do mês de maio, com a inauguração do "Memorial da Fé”, assinado pelo renomado artista plástico Eduardo Kobra. O mural, que fica em frente à Igreja do Calvário, na Zona Oeste da capital paulista, retrata crianças de cinco religiões - Islamismo, Budismo, Cristianismo, Judaísmo e Hinduísmo. 

A obra traz uma mensagem de fé e de esperança, ao mesmo tempo em que lembra as vítimas do Covid-19 e destaca a importância da Ciência, simbolizada pelo fundamental uso de máscaras. O mural tem 28 metros de largura por 7 metros de altura.
Crianças representam o Islamismo, Budismo,  Cristianismo, Judaísmo e Hinduísmo Crianças representam o Islamismo, Budismo, Cristianismo, Judaísmo e Hinduísmo (foto: Felipe Del Valle)

Algumas obras obras de Kobra Brasil afora:
“Etnias – Todos Somos Um” - Boulevard Olímpico - Rio de Janeiro (RJ)
Uma das obras mais conhecidas dos brasileiros, Etnias entrou para o Guinness Book, o Livro dos Recordes, como o maior mural de grafite do mundo. A pintura ocupa uma área a 2.600 metros quadrados e traz coloridos rostos que representam a união dos povos. O painel fica nos arredores da Praça Mauá.
Painel do artista Kobra, na Zona PortuáriaPainel do artista Kobra, na Zona Portuária (foto enviada por Antonio)

“A Lenda do Brasil” - Rua da Consolação, 2608 (esquina com a av. Paulista, em frente à Praça José Molina) - São Paulo (SP)
Com 41 metros por 17,5 metros, homenageia o piloto Ayrton Senna. 

“Escadateca” – Colégio Ser! - Sorocaba (SP)
Com 22 metros de altura por 11 de largura, o mural pode ser visto do lado de fora da escola, mostra um menino subindo uma estante em uma biblioteca à procura de um livro. 

“A Linha da Vida” - Rodovia Presidente Castelo Branco, Km 44 (SP)
Com 600 metros quadrados, a obra traz oito personagens. Começa com uma criança e termina com uma senhora de cerca de 80 anos de idade.

“A Mão de Deus” – Minhocão – São Paulo (SP)
O trabalho tem 33 metros de altura por sete metros de largura e, de acordo com o artista, é a mais autobiográfica de todas as suas obras.

 “Coração Santista” – Santos (SP)
Com 800 metros quadrados, celebra os 80 anos de Edson Arantes do Nascimento, o Pelé. 

Planeje sua ida para São Paulo


Veja também
Descubra um destino
Veja mais ideias de viagens
Copyright 2000-2021 Férias Brasil©