São Bento do Sul (SC)

Porque Ir

O clima de serra, que conquistou os imigrantes alemães e poloneses, hoje atrai os turistas da terceira idade que se encantam, ainda, com as construções em estilo enxaimel. Essa turma também chega em busca das boas compras - cerâmicas e móveis – e da boa mesa. Já a beleza natural, contornada por trilhas e rios, é o chamariz para os ecoturistas.

Um programa, porém, encanta visitantes de todas as idades e estilos. É o Roteiro Cultural Estrada Dona Francisca, que percorre uma das mais antigas estradas de Santa Catarina. No trecho preservado estão dezenas de construções em estilo enxaimel, ranchos e estrebarias de época, além de paisagens bucólicas e tradições culturais. Ao longo da estrada surgem estabelecimentos que capricham no artesanato, nos artefatos de lã e nas guloseimas! 

No açougue Bela Aliança tem pão de carne, salsicha alemã, salames e linguiças variadas
Entre eles estão o Broth Haus, com serviço de café colonial e venda de produtos artesanais; e o Açougue Bela Aliança, repleto de delícias como pão de carne, salsicha alemã, salames e linguiças variadas... 

Já o Bar Donato Kobs, um dos primeiros estabelecimentos comerciais da estrada, chama a atenção pela “decoração” e pelos produtos à venda. Nos balcões e armários em madeira rústica estão bacias, baleiros antigos, garrafões de vinho... remetendo a uma viagem no tempo.

No Sítio Oito de Dezembro, o antigo paiol foi adaptado para servir um bufê de café colonial repleto de quitutes típicos como o Beijo Russo (torta de chocolate com ameixas secas e recheio de doce de leite) e o strudel de maçã com uvas passas. Aproveite a visita ao Sítio Ponte de Pedra para cavalgar e tomar banho de rio aos pés de uma antiga ponte. Ali, é possível se  hospedar em uma casa enxaimel.

Ainda nos arredores, o Roteiro do Vale Perdido oferece turismo sustentável em meio a propriedades rurais e familiares. Por lá estão o Restaurante Ruda, especializado em gastronomia  típica polonesa; o Parque Natural das Aves, com borboletário, trilhas,  produtos coloniais e artesanato; e o Parque Braço Esquerdo / Ano Bom, com cavernas,  cachoeiras de até cem metros e piscinas naturais de água cristalina – perfeitas para a prática do rapel.

E ainda tem o passeio de trem pela Serra do Mar, em meio a túneis, viadutos e pontes. São 45 quilômetros, partindo do município de Rio Negrinho, a uma altitude de 795 metros, e descendo até Rio Natal, em São Bento do Sul. No roteiro, almoço típico polonês! As saídas acontecem uma vez por mês. 

No centro da cidade também tem atrações, como o Parque 23 de Setembro, espalhado por uma imensa área verde. O espaço, perfeito para caminhadas em meio a araucárias e cedros, abriga a réplica da primeira casa construída na região, a Casa do Imigrante. Por ali, ainda tem um circuito de arvorismo e uma arena de Paintball. No quesito arquitetura, as estrelas são a igreja Matriz Puríssimo Coração de Maria, com um conjunto da Via Sacra em painéis cerâmicos; e a igreja Evangélica Luterana, em estilo gótico e vitrais coloridos.

Copyright 2000-2017 Férias Brasil© Todos os direitos reservados.
instagram
twitter