Visitar as minas de ouro

  • Mina aberta por escravos, visita com guia e muitas histórias Mina aberta por escravos, visita com guia e muitas histórias
    Enviada por Taciana Pereira
  • Galeria principal Mina Du Veloso Galeria principal Mina Du Veloso
    Enviada por Eduardo Evangelista Ferreira
  • Entrada da galeria subterrânea - Mina Du Veloso Entrada da galeria subterrânea - Mina Du Veloso
    Enviada por Eduardo Evangelista Ferreira
  • Visita guiada, explicações sobre as minas e história do ouro Visita guiada, explicações sobre as minas e história do ouro
    Enviada por Taciana Pereira
  • Entrada da Mina Jeje Entrada da Mina Jeje
    Enviada por Taciana Pereira
Por Editoria Férias Brasil
São várias minas abertas à visitação. Entre as mais visitadas está a de Chico Rei, uma das maiores do estado e que pertenceu a um ex-escravo. Figura mítica, Chico veio aprisionado da África, juntamente com sua tribo. Reza a lenda que o escravo trabalhou duro para comprar a sua liberdade, a de seus súditos e a própria mina, tornando-se uma das pessoas mais respeitadas na antiga Vila Rica. O local, que tem 1.500 metros de extensão, foi desativado em 1888 e a visita guiada percorre somente em alguns túneis.

Já a Mina de Santa Rita foi uma das primeiras do estado. Tem cerca de 115 metros de túneis estreitos abertos à visitação, retratando o sofrimento dos escravos que lá trabalhavam, em meio à escuridão e umidade. Na Mina Jeje, são 160 metros de extensão e as visitas levam até o primeiro salão. 


Mina de Chico Rei
R. Dom Silvério, 108 A
Tel: (31) 3552-2866

Mina de Santa Rita
R. Santa Rita, 171 – Padre Faria
Tel: (31) 3552-363

Mina Jeje 
Rua Chico Rei, 371 – Alto da Cruz 
Tel: (31) 3552-1558



 

 

 

Dicas dos Viajantes

"Mina Chico Rei - A história viva dos escravos"

Enviada por Walcar Costa Pereira

com amigos em Abril/2014 e achou Muito bom

Pensando em apresentar Ouro Preto a um grupo de turistas, resolvi pesquisar na internet algo diferente. Foi quando me deparei com a Mina de Chico Rei.

Procurei maiores informações e descobri por trás da atração turística uma história que me chamou muito a atenção.

Trata-se de uma mina de ouro desativada, no centro de Ouro Preto, e que tem suas galerias passando por baixo de grande parte da cidade. É uma mina aberta a picareta pelos escravos da tribo de Chico Rei, todos trazidos do Congo.

Não tem o glamour de outros locais, mas tem um diferencial. A simpatia do proprietário, Toninho da Mina, que tem prazer em se assentar com o turista e contar a história do escravo Chico Rei.

Aproveitamos para almoçar no restaurante da própria mina, local onde outrora funcionava a senzala. Restaurante simples, mas muito acolhedor. O tropeiro com bife de lombo, torresmo e couve da Lúcia estavam divinos!

Não recomendo o passeio para quem sofre de claustrofobia, afinal vc percorre tuneis muitas vezes estreitos.

"Mina do Chico Rei, um passeio pela História"

Eula Calazans

Enviada por Eula Calazans

a dois em Maio/2013 e achou Excelente!

Recomendo a quem for visitar Ouro Preto, não deixem de ir à mina e aproveitem para almoçar no restaurante do lugar. O tutu à mineira de lá é de comer de joelhos. Com certeza um prato dá pra quatro pessoas. Andar naqueles tuneis é de arrepiar.

"Vale a pena!"

Enviada por wagner

a dois em Janeiro/2009 e achou Excelente!

Apesar de muito caro, é muito curioso! São 120 metros de profundidade e você desce em um trenzinho. Vale a pena conhcer!

"Uma delícia!"

Enviada por Luiz

sozinho em Julho/2007 e achou Bom

Devido as proximidades com os paredões de rocha o passeio fica um pouco prejudicado pois as janelas do trem permanecem fechadas durante todo o percurso. Quando se tem uma abertura a paisagem é encantadora.

Mais informações e atrações de Ouro Preto

Copyright 2000-2019 Férias Brasil©