Verão em Foz do Iguaçu (PR): para lavar a alma!

Natureza, parques temáticos, compras, aventura, história... destino tem atrações para todos os públicos
12 de Dezembro de 2019

Shows reúnem água, luz e dançarinos Shows reúnem água, luz e dançarinos (foto: Beto Marco)

Está aberta a melhor temporada para curtir as cataratas de Foz do Iguaçu! É no verão que a vazão das águas é maior por conta das chuvas e a temperatura é perfeita para passeios onde, molhar-se, é obrigatório! 

O roteiro, porém, vai muito além do Parque Nacional brasileiro. As cataratas argentinas merecem uma visita, assim como os muitos atrativos da região, com ótima infraestrutura para receber turistas. 

Para começar a viagem em grande estilo, vá direto às cataratas para curtir todo o circuito panorâmico do parque brasileiro. Emende em uma passei no Macuco Safari (de bote inflável, aprecia-se as quedas de pertinho!) e visite o Parque das Aves, que fica ao lado parque nacional.

Nos outros dias, a programação é intensa, incluindo mais natureza, história, aventura, religião, compras... Opções não faltam: cataratas argentinas, Marco das Três Fronteiras, Usina de Itaipu, templos religiosos, feirinha de Puerto Iguazú, voo de helicópterocassinosbares de gelo, lojas do Paraguai... 

Parque Nacional do Iguaçu
O crème de la crème da viagem é explorado, num primeiro momento, de ônibus. Do Centro de Visitantes saem ônibus que levam ao restaurante Porto Canoas, com paradas. A dica é descer na Trilha das Cataratas para fazer o circuito panorâmico de 1,2 km, repleto de quedas.  O ponto alto é a surreal Garganta do Diabo, onde uma passarela leva até pertinho da catarata! 

Para completar a aventura, embarque no Macuco Safari e vá de bote até bem perto das quedas dos Três Mosqueteiros. Vá na categoria “com emoção” e capriche na capa de chuva - o banho é garantido! 

Para fechar o roteiro, a pedida é o Parque das Aves, a 500 metros do parque nacional. Por lá, 1.400 aves de 150 espécies diferentes garantem belos registros. E o melhor: é possível entrar nos viveiros dos tucanos, das araras, das maritacas... 

Cores e festa tomam conta do espaçoCores e festa tomam conta do espaço (foto: Edina Bressan da Luz )

Cataratas hermanas 
O lado argentino das cataratas também é imperdível! São muitos atrativos por trilhas, além do Gran Aventura, um Macuco Safari ainda mais radical. Por lá, o deslocamento é por trem e, para não perder nem um minuto, a melhor pedida é seguir direto até à estação Garganta do Diabo, ponto final da linha. 

Uma passarela leva até muito perto da garganta, sendo possível sentir toda a força das águas. E ainda tem mais: o parque oferece dois circuitos belíssimos, chamados de Inferior (1.400 metros) e Superior (1.750 metros). Encare os dois! 

Na volta para o hotel, vale curtir o Marco das Três Fronteiras, um parque temático que abriga a obelisco que demarca a tríplice fronteira, além de bares, restaurantes e lojas. No fim do dia tem show de fonte luminosa e espetáculo folclórico com dançarinos do Brasil, Argentina e Paraguai.

Shows reúnem água, luz e dançarinosShows reúnem água, luz e dançarinos (foto: Beto Marco)

Itaipu & Buda
A segunda maior hidrelétrica do mundo em capacidade instalada e primeira na produção de energia é repleta de atrativos. Um dos principais passeios é o Vista Panorâmica, que leva até a área da barragem. Já o tour Especial apresenta o interior da usina, com direito a apreciar as turbinas e a sala de controle. 

Visita guiada a ItaipuVisita guiada a Itaipu (foto enviada por Zunara da Silva)

Na mesma rota da usina fica o Templo Budista, com entrada gratuita e muitas esculturas no jardim. Não deixe de conferir, no pátio, os 108 budas celestiais idênticos que reproduzem o número de contas do rosário budista.

Os fãs da cultura árabe também encontram belas surpresas em Foz. Uma é Mesquita Omar Ibn Al-Khattab, com cúpula arredondada e dois minaretes. Outra é o restaurante Castelo Libanês, um dos melhores do Brasil na especialidade.

MesquitaMesquita (foto enviada por Thaís Lima)

Com tantas atrações, o ideal ao programar uma viagem à Foz é levar em conta o estilo os viajantes. Com crianças, o roteiro pode incluir outros parques temáticos. Com aventureiros, atividades como rafting e skydive são as pedidas. E para a turma que não abre mão de umas comprinhas, Argentina e Paraguai estão, literalmente, ao lado! E, na hora de escolher hotéis e pousadas em Foz do Iguaçu, consulte o Férias Brasil! 

Planeje sua ida para Foz do Iguaçu


Veja também
Descubra um destino
Veja mais ideias de viagens
Copyright 2000-2020 Férias Brasil©