Jundiaí

Porque Ir

Uma das cidades mais ricas do estado de São Paulo, Jundiaí se orgulha de suas áreas verdes, frequentadas por moradores e turistas nos finais de semana. Boa parte dos encantos naturais está concentrada na Serra do Japi, uma reserva de mata Atlântica com trilhas, mirantes, cascatas e piscinas naturais, acessível pelo bairro de Eloy Chaves. Um dos caminhos mais conhecidos é o do Trial (ou da Ermida), com cinco quilômetros em meio à mata ciliar. Fique atento à exigência de agendamento prévio - somente 15 pessoas por dia podem entram na reserva, sempre com o acompanhamento de monitores.

Outra opção para explorar os encantos da serra é através do day use da Fazenda Montanhas do Japi. Entre as atividades, passeios a cavalo, de bicicleta e de caiaque no lago, slackline, visitas à horta orgânica, fonte com água das nascentes e caminhadas por trilhas – a mais bacana é o Percurso da Serra do Japi, que percorre três quilômetros em de duas horas, com direito a observação de fauna e flora e acompanhamento de guia. 

Fazenda N.S. da Conceição oferece passeios de charrete e empório repleto de doces, biscoitos e cachaças

A versão urbana dos programas acima é o Parque da Cidade, um espaço de 500 mil metros quadrados tomado por quilômetros de ciclovia, além de gramados, jardim japonês, quadras poliesportivas, pistas de automodelismo e aeromodelismo, playgrounds, quiosques de alimentação e anfiteatro. O parque, que fica na saída para Itatiba, tem ainda uma represa.

Para quem prefere circular pelo Centro de Jundiaí, a opção é o Jardim Botânico, com 148 mil metros quadrados salpicados por cascatas, fontes e passarelas. Estique o passeio até os simpáticos museus instalados por perto - o Museu Ferroviário da Cia. Paulista, com acervo de máquinas, ferramentas, maquetes e mobiliário de vagões e estações; e o Museu da Energia, com objetos, experimentos e muita interatividade.

A vida rural também rende bons programas em Jundiaí. Visitada por casais e famílias, a fazenda de café Nossa Senhora da Conceição oferece passeios de charrete e a cavalo, além de restaurante, museu e um pequeno empório repleto de doces, biscoitos, artesanato, cachaças, pães assados no forno à lenha e, claro, café cultivado na fazenda. 

A turma da terceira idade faz a festa com o Circuito das Frutas, um roteiro que pode durar até cinco dias passando por propriedades de nove cidades vizinhas. São fazendas de frutas, vinícolas artesanais, apiários e alambiques, com direito a participar das colheitas e a cuidar das plantações. 

Para os fãs de vinho, vale incluir no roteiro uma visita à Vinícola Castanho. Mensalmente, acontece na propriedade o Tour do Vinho. Na programação, visita aos vinhedos, ao setor de produção e à adega, além de degustação de bebidas e workshop de harmonização.

Já quem curte uma aventura, a dica é apreciar a natureza de Jundiaí por um ângulo privilegiado - fazendo um vôo de planador. O passeio suave e silencioso dura cerca de vinte minutos.
Copyright 2000-2020 Férias Brasil©