• Cenário clássico: casario colonial e bicicleta Cenário clássico: casario colonial e bicicleta
    Enviada por Alexandre Macieira / Riotur
  • Bicicletas levam a todas as direções Bicicletas levam a todas as direções
    Enviada por Alexandre Macieira / Riotur
  • Casa de Artes é o centro cultural da ilha Casa de Artes é o centro cultural da ilha
    Enviada por Alexandre Macieira / Riotur
  • Bucolismo na capelinha de São Roque Bucolismo na capelinha de São Roque
    Enviada por Alexandre Macieira / Riotur
  • Pela orla, passeio em família Pela orla, passeio em família
    Enviada por Alexandre Macieira / Riotur
  • Turistas alugam bicicletas para explorar a ilha Turistas alugam bicicletas para explorar a ilha
    Enviada por Alexandre Macieira / Riotur
  • Pedalinhos disponíveis na praia José Bonifácio Pedalinhos disponíveis na praia José Bonifácio
    Enviada por Alexandre Macieira / Riotur
  • Dos mirantes, vistas incríveis Dos mirantes, vistas incríveis
    Enviada por Alexandre Macieira / Riotur
  • Charretes circulam pelos pontos turísticos Charretes circulam pelos pontos turísticos
    Enviada por Alexandre Macieira / Riotur
  • Encantos por toda a parte Encantos por toda a parte
    Enviada por Alexandre Macieira / Riotur
  • Triciclos são perfeitos para famílias Triciclos são perfeitos para famílias
    Enviada por Alexandre Macieira / Riotur
  • Ao longo da orla, cantinhos cheios de charme Ao longo da orla, cantinhos cheios de charme
    Enviada por Alexandre Macieira / Riotur
  • Parque Darke de Mattos é repleto de atrações naturais Parque Darke de Mattos é repleto de atrações naturais
    Enviada por Alexandre Macieira / Riotur
  • Charretes aguardam visitantes ao lado das barcas Charretes aguardam visitantes ao lado das barcas
    Enviada por Alexandre Macieira / Riotur
  • Viagem dura cerca de 40 minutos nas novas barcas Viagem dura cerca de 40 minutos nas novas barcas
    Enviada por Alexandre Macieira / Riotur
  • Viagem de barca é repleta de belos cenários Viagem de barca é repleta de belos cenários
    Enviada por Alexandre Macieira / Riotur
  • Bom para ir com crianças ou namorar! ;) Bom para ir com crianças ou namorar! ;)
    Enviada por Luciano Loureiro
  • Paraíso Paraíso
    Enviada por Daniela silva
  • Bello Bello
    Enviada por Daniela silva
  • Paraíso Paraíso
    Enviada por Daniela silva
  • Pedra da Moreninha Pedra da Moreninha
    Enviada por Daniela silva
  • Passeio Passeio
    Enviada por Daniela silva
  • Pedra Pedra
    Enviada por Daniela silva
  • Ilha de Paquetá Ilha de Paquetá
    Enviada por Daniela silva
  • Ilha de Paquetá Ilha de Paquetá
    Enviada por Nailton Suzarte
  • Ilha de Paquetá Ilha de Paquetá
    Enviada por Nailton Suzarte
  • Moradores usam bikes para circular pela ilha Moradores usam bikes para circular pela ilha
    Enviada por Alexandre Macieira / Riotur
Por Editoria Férias Brasil
Quase ninguém sabe, mas a bucólica Ilha de Paquetá é um bairro do Rio de Janeiro. Por lá não circulam carros, o que torna a região perfeita para curtir um domingo com a família. O passeio, aliás, começa antes mesmo de se chegar lá. O acesso é por barcas, em uma viagens de 40 a 70 minutos (dependendo da embarcação) pela baía de Guanabara e suas muitas belezas como a Ilha Fiscal, o Pão de Açúcar... 

Para se locomover, faça caminhadas pelas ruas de saibro ou embarque nas charretes, no trenzinho... ou faça como os moradores: aposte nas bicicletas! Na paisagem, chácaras centenárias preservadas, casario de diversos estilos, pracinhas e praias tranquilas. 

Com clima de “cidade do interior”, Paquetá também gosta de festa! A mais tradicional acontece em agosto. É a Festa de São Roque, padroeiro da ilha, que reúne barraquinhas de comida e bebida e muita música. O Carnaval também é animado por lá, com desfiles de blocos tradicionais e familiares. Dias antes da folia, o Pérolas da Guanabara desfila na ilha, arrastando centenas de foliões que começam a se divertir ainda nas barcas. 

Entre os principais atrativos estão a Pedra da Moreninha, na praia de mesmo nome e é acessível por uma escada e uma ponte de madeira. O local funciona como um mirante e foi imortalizado no romance “A Moreninha”, de Joaquim Manuel de Macedo, em 1844. Já a Praia José Bonifácio (ou da Guarda), tem infraestrutura: restaurantes, bares, hotéis, pedalinhos... Lá fica a Ponte da Saudade, além do Parque Darke de Mattos, que reúne jardins, trilhas e o Mirante Boa Vista, que revela vista panorâmica da ilha.

Informações úteis
. Paquetá não tem bancos 24 horas e muitos estabelecimentos não aceitam cartões. Leve dinheiro 
. A ilha é acessível através da barcas que partem da Praça XV, no Centro do Rio - www.grupoccr.com.br/barcas/linhas-horarios-tarifas

Dicas dos Viajantes

"Lugar simples e muitíssimo agradável"

Luciano Loureiro

Enviada por Luciano Loureiro

com a família em Julho/2015 e achou Excelente!

Um pequena ilha, sem automóveis ou engarrafamentos, que você não esquece e quer sempre voltar. Atenção, é um lugar simples sem grande badalações. Perfeito para crianças e andar de bicicleta ou caminhar. Única ressalva é a água do mar ser poluída, inviabilizando o banho de mar: resultado do descaso de sucessivos governos do Estado do Rio de Janeiro. Uma pena...

Mais informações e atrações do Rio de Janeiro

Copyright 2000-2021 Férias Brasil©