Estrada Paraty-Cunha novinha em folha

  • Nova pavimentação e trecho dentro do Parque da Serra da Bocaina Nova pavimentação e trecho dentro do Parque da Serra da Bocaina
    Enviada por Subsecretaria de Comunicação Social / RJ
  • Paisagem muda a cada instante Paisagem muda a cada instante
    Enviada por Divulgação
Por Editoria Férias Brasil
Ótima notícia para quem vai passar as férias entre as cidades de Paraty (RJ) e Cunha (SP): a bela estrada de 49 quilômetros que conecta a cidadezinha no sul fluminense ao Vale do Paraíba paulista teve a pavimentação concluída, depois de anos de embargo.

Com as reformas, o antigo trecho de terra da RJ-165 - que corta o Parque Nacional da Serra da Bocaina - foi restabelecido e a viagem ganhou 9,4km dentro da reserva. Nessa parte, as melhorias incluíram drenagem e calçamento de paralelepípedos, além de restrições de horário (o trânsito só é possível das 7h às 18h, para não perturbar o deslocamento de animais no crepúsculo e à noite) e de velocidade (20 km/h).

Além de melhorar as condições da via, as obras permitiram reduzir o tempo de viagem entre as duas cidades, que pode ser feito em menos de uma hora (antes, o percurso, além de perigoso em dias de chuva, podia levar mais de duas horas). A idéia, porém, não é economizar tempo, mas tornar a Paraty-Cunha em uma estrada-parque contemplativa. 

A parada mais bonita é ainda no lado paulista da estrada (SP-171), no Km 66: ali, uma caminhada de dois quilômetros morro acima leva a uma linda vista da Pedra da Macela. A 1.840 metros acima do mar, é possível avistar Paraty, a baía de Ilha Grande e até Angra dos Reis.

O trânsito de vans, ônibus e caminhões é proibido na via.

Mais informações e atrações de Paraty

Copyright 2000-2021 Férias Brasil©