Cachoeiras de Macacu

Porque Ir

Os muitos rios que cortam e se encontram na região fazem de Cachoeiras de Macacu um paraíso para os fãs dos banhos de água doce. O principal rio da cidade - o Macacu - forma pequenas praias perfeitas para um mergulho, além de corredeiras que fazem a alegria da turma do bóia-cross.

Poço da Samambaia oferece ducha natural em meio a plantas nativas como ipês e imbaúbas

Cachoeiras não faltam na região. Entre elas estão a de Santo Amaro, com escorrega; a do Poço Tenebroso, contornada por bromélias e uma imensa piscina natural; e Sete Quedas, com 60 metros e procurada para a prática de canyoning.

Já o Poço da Samambaia oferece ducha natural em meio a plantas nativas como ipês e imbaúbas. Não deixe de conhecer o Tanque Grande, considerado um dos mais bonitos poços das redondezas.

Para os adeptos do montanhismo, pedras e serras descortinam paisagens contornadas ora por praias, ora por cadeias de montanhas. Da Pedra da Visão (ou do Corcovado), a 1.700 metros de altitude, avista-se Baixada Fluminense e parte da Região dos Lagos. Já a Pedra do Colégio, procurada também para a prática de rapel e escalada, apresenta as curiosas formações da Serra dos Órgãos.

As festas da cidade se concentram no bairro de Papucaia, onde acontece a concorrida Festa da Goiaba, em abril, na Praça dos Colonos, que tem como destaque a goiabada cascão gigante. Ainda em Papucaia, Festa do Peão, em maio, com barraquinhas de comidas típicas, shows  e rodeios; e Exposição do Cavalo Campolina, em junho/julho.
Copyright 2000-2020 Férias Brasil©