Londrina (PR)

  • Lago Igapó - Caminhada em fim de tarde Lago Igapó - Caminhada em fim de tarde
    Enviada por Kerollin Pypcak Okubo Esteves
  • Lago Igapó - Área verde é ponto de encontro de turistas e moradores Lago Igapó - Área verde é ponto de encontro de turistas e moradores
    Enviada por Joel Rocha - Setur PR
  • Museu Padre Carlos Weiss - Espaço guarda lembranças dos tempos áureos do café na região Museu Padre Carlos Weiss - Espaço guarda lembranças dos tempos áureos do café na região
    Enviada por Joel Rocha - Setur PR
  • Tarde de domingo na praça da Imigração Japonesa Tarde de domingo na praça da Imigração Japonesa
    Enviada por Monica / Londrina PR
  • Hachimitsu - A vida mais doce Hachimitsu - A vida mais doce
    Enviada por Kátia
  • Lago Igapó - Ponte Lago Igapó - Ponte
    Enviada por Paula Salgado
  • Lago Igapó - Passeio Lago Igapó - Passeio
    Enviada por Renato Medeiros
  • Lago 1 - Vista Lateral - Tranquilidade Lago 1 - Vista Lateral - Tranquilidade
    Enviada por Elenilson
  • Pleba Palhano - Cidade Maravilhosa Pleba Palhano - Cidade Maravilhosa
    Enviada por Elenilson
  • Bela praça da Imigração Japonesa em Londrina Bela praça da Imigração Japonesa em Londrina
    Enviada por Monica / Londrina PR

Porque Ir

A segunda maior cidade do Paraná se destaca pelos bons serviços, áreas verdes, universidades e trânsito organizado. De olho no turismo, vem ganhando hotéis novinhos de grandes redes que lotam durante o Festival Internacional de Londrina. O evento de teatro acontece em junho e é considerado um dos mais importantes do gênero no país, reunindo mais de cem mil pessoas entre espectadores e artistas nacionais e estrangeiros. Os espetáculos são realizados em diferentes pontos da cidade, incluindo praças, parques, penitenciárias e favelas.

Salto do Apucaraninha tem 118 metros de altura e é um dos cartões-postais da cidade

A natureza privilegiada também chama a atenção em Londrina, fazendo da cachoeira Salto do Apucaraninha um dos cartões-postais da cidade. Um mirante panorâmico descortina a beleza do salto, de 118 metros de altura. A queda fica a 80 quilômetros do Centro, sendo 20 quilômetros em estrada de terra.

Já o Parque Estadual da Mata dos Godoy, concorrida área de lazer, é um verdadeiro abrigo para espécies da flora ameaçadas de extinção, como a peroba, o cedro e o pau-marfim. Também frequentam a área inúmeras aves e animais, avistados através das trilhas que se espalham pelos 800 hectares da reserva.

O ponto de encontro - e de referência urbana - dos londrinenses é o lago Igapó. Perfeita para a prática de atividades náuticas, a área oferece também ciclovia, pista de Cooper, jardins projetados por Burle Marx, chafariz, cascata e teatro.  Vale visitar o Museu Histórico Padre Carlos Weiss, que ocupa o belo prédio da antiga Estação Ferroviária de Londrina. De arquitetura inglesa, o espaço guarda a memória dos tempos áureos da cafeicultura na região - até os anos 70, o produto era a base da economia da cidade.

Ainda hoje, porém, o cheirinho de café ainda está no ar. Nas redondezas estão três grandes fábricas: Cacique, Itamaraty e Café Iguaçu. Para conhecer um pouco mais sobre essa parte da história, foi criada a Rota do Café, um roteiro que percorre fazendas históricas, restaurantes rurais e museus. A área rural, aliás, merece atenção. Por lá estão a Vinícola Casa Müller, um pequeno sítio que produz vinhos coloniais artesanais; e o restaurante Strassberg, famoso pelas tortas e receitas alemãs, como marreco, kassler e eisben.
Copyright 2000-2018 Férias Brasil©