Caruaru

Porque Ir

Caruaru divide com a paraibana Campina Grande o título de maior festa de São João do país. Não é para menos, levando em conta que o arrasta-pé reúne quadrilhas com até quatro mil componentes! Durante o mês de junho, o Parque de Eventos, no Centro da cidade, se transforma em um típico arraial, com cenografia, barraquinhas de guloseimas, fogueira e muito forró. Fique de olho na programação e não deixe de assistir às apresentações das bandas de pífanos e aos desfiles de bacamarteiros, manifestações singelas, tradicionais e eternizadas na arte de Mestre Vitalino.

Alto do Moura reúne ateliês de artistas inspirados na bela obra de Mestre Vitalino

E por falar no estimado artesão, visitar o bairro do Alto do Moura é passeio obrigatório. Lá está a casa onde o mestre viveu - hoje transformada em museu - e dezenas de ateliês de artistas locais que seguiram os passos do pioneiro. Os belos trabalhos em cerâmica representam cenas da vida nordestina e seus personagens, como retirantes, cangaceiros e trios de forró. Aproveite para experimentar os pratos regionais à base de carne-de-sol e bode na brasa, servidos nos bares e restaurantes da área.

Além dos ateliês, as peças podem ser apreciadas também no Museu do Barro, onde estão obras originais de Vitalino e de artesãos de outras cidades do estado. Já no Museu do Forró, os destaques ficam por conta dos objetos pessoais, das fotos, dos documentos e dos instrumentos musicais do cantor e compositor Luiz Gonzaga.

Caruaru abriga também a maior feira livre do Nordeste. São centenas de barracas espalhadas por uma área de 20 mil metros quadrados, onde há de tudo: peças artesanais de barro, couro, palha e renda, comidas típicas, ervas medicinais e artigos eletrônicos, além de interessantes trabalhos em cordéis. Sábado é o dia mais concorrido, com apresentações de cantadores, violeiros e bandas de pífanos.
Copyright 2000-2019 Férias Brasil©