Serra Catarinense: Vinhos para todas as estações!

Por Gil Karlos Ferri*
19 de Dezembro de 2019

Araucária e meio aos vinhedos na Vinícola Pericó Valley Araucária e meio aos vinhedos na Vinícola Pericó Valley (foto: Divulgação)

Tratando-se de vinhos, o novíssimo mundo é a Serra Catarinense. Cada vez mais, os vinhos finos e espumantes produzidos no terroir de altitude de Santa Catarina estão conquistando qualidade, apreciadores e fama internacional. 

E, claro, o enoturismo também vem ganhando força nesta região, atraindo visitantes para experiências enogastronômicas repletas de novas sensações. Na Serra Catarinense, a experiência de degustar bons vinhos é enriquecida pela exuberância dos cenários, que combinam montanhas, araucárias, campos e vinhedos que representam um atrativo único a nível mundial.  

Já pensou em harmonizar vinhos com paisagens? Com esse objetivo, preparei algumas dicas de vinhos e vinícolas com cenários inesquecíveis, seja no inverno ou no verão. 

Vinícola Pericó Valley - São Joaquim  
O Pericó Valley, onde os vinhedos foram implantados em São Joaquim, é uma das localidades com a maior ocorrência de neve do país. Já imaginou como um vinho desce bem por aqui no inverno!

Para o verão, minha dica por aqui é o Pericó Vigneto (2013), Sauvignon Blanc com coloração amarelo palha brilhante, aroma com notas de frutas do mato (uvaia e araçá amarelo), melão e casca de grapefruit. Harmoniza bem com queijo serrano e peixes, sobretudo as trutas das águas frias e límpidas da região.

Uvas dão origem aos brancos refrescantes da Pericó Valley Uvas dão origem aos brancos refrescantes da Pericó Valley (foto: Divulgação)

Vinícola Thera - Bom Retiro  
A vinícola Thera, localizada próxima da BR-282, em Bom Retiro, conta com winebar e espaço para eventos, construídos em harmonia com a paisagem entre campos, lagos e florestas de araucárias.

A sugestão é o Thera Rosé (2016), produzido com uvas Syrah, Merlot e Cabernet Franc, apresentando notas de frutos vermelhos, toques cítricos e florais. Sua acidez equilibrada revela uma agradável mineralidade, aspecto típico dos vinhos da região serrana de Santa Catarina. Perfeito para refrescar nos dias quentes!

Relaxar é a palavra de ordem na Vinícola Thera Relaxar é a palavra de ordem na Vinícola Thera (foto: Divulgação)

Villaggio Bassetti - São Joaquim 
A vinícola Villaggio Bassetti é a única da região com vias asfaltadas entre seus vinhedos, tornando a visita mais confortável – ou, para os aventureiros, a chance de um passeio de bike por cinco quilômetros!

Para brindar, que tal o Villaggio Bassetti Ana Cristina (2015), varietal 100% Pinot Noir com um ano de passagem em barricas de carvalho francês? Frutado, macio e aveludado, de coloração avermelhada e intensa, traz aromas de frutas vermelhas delicadas. 

Este vinho comprova que a altitude da Serra Catarinense é bastante apropriada para a elaboração de vinhos elegantes e complexos com esta casta, considerada uma das mais nobres do mundo.

Rota asfaltada leva aos vinhedos da Villaggio BassettiRota asfaltada leva aos vinhedos da Villaggio Bassetti (foto: Divulgação)

Leone di Venezia – Morro Agudo
A vinícola Leone di Venezia fica na localidade de Morro Agudo, em São Joaquim. Sua arquitetura foi inspirada no palácio Villa di Maser (Treviso, Vêneto), obra prima do arquiteto Andrea Paládio. É considerada a mais italiana das vinícolas do terroir de altitude da Serra Catarina. 

Minha sugestão é o Gewurztraminer (2017), produzido 100% com uvas gewurztraminer, com coloração amarelo palha, reflexos dourados e aromas de frutas brancas e mel. Estagiou por cinco meses sobre as leveduras, aumentando a sua complexidade e estrutura. Harmoniza bem com peixes, risotos, massas e queijo serrano.

Clima italiano na Vínicola Leone di VeneziaClima italiano na Vínicola Leone di Venezia (foto: Divulgação)

Villaggio Grando – Água Doce
Localizada no Planalto Catarinense, em Água Doce, próxima da BR-153, a Villaggio Grando possui a maior área plantada de vinhedos do estado. Um lago, bons vinhos e o sunset espetacular da vinícola completam a nossa lista, deixando um gostinho de quero mais. 
 
Feito com as uvas Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot, Malbec, Pinot Noir, Petit Verdot e Marselan, o Villaggio Grando Innominabili (cortes 2004/2009) apresenta coloração rubi, com reflexos violáceos brilhantes. Possui aromas de amoras silvestres mesclando especiarias, resultado do carvalho por onde passou. De dar água na boca!

Pôr do sol, lago e brindes na Vinícola Villaggio GrandoPôr do sol, lago e brindes na Vinícola Villaggio Grando (foto: Bruno Scherer)

Vinícola Urupema - Urupema 
A vinícola rende homenagem ao município onde está situada, Urupema, sendo um dos mais belos e elevados vinhedos de Santa Catarina. Uma bela paisagem que vai além do que as fotos conseguem registrar.  

Tintos se destacam na Vinícola UrupemaTintos se destacam na Vinícola Urupema (foto: Divulgação)

Para os fãs de tintos, o Leopoldo (2007), vinho Cabernet Sauvignon/Merlot de coloração vermelho intenso, bouque frutado, ameixa seca e geleia de frutas vermelhas, harmoniza com carnes, embutido e massas ou risotos bem condimentados.

E aí, #partiu_Serra?!
Na hora de procurar hotéis em pousadas em São Joaquim, consulte o Férias Brasil! 

*Gil Karlos Ferri
Apaixonado por vinhos e pela Serra Catarinense. Pesquisador Global Environmental History e coordenador do case História & Vitivinicultura

Planeje sua ida para São Joaquim


Veja também
Descubra um destino
Veja mais ideias de viagens
Copyright 2000-2020 Férias Brasil©