48 horas em São Paulo, com os pequenos!

Por Juliana Castanheira, com colaboração de Gabriela Castanheira
02 de Julho de 2019

Farra garantida no Parque da Mônica Farra garantida no Parque da Mônica (foto: Juliana Castanheira)

Existe amor em São Paulo. No meu caso, irmã e sobrinho moram lá, então, em todo feriadinho, uma vai ou a outra vem.

Férias de julho chegando é uma boa desculpa para pegar a estrada. Para quem está procurando programação compatível com o pacote família, compartilho meu roteiro de São Paulo com crianças.

Sexta-feira
A viagem começa na sexta, partindo do Rio, com muitas paradas e um longo caminho até fazer o check in na casa da família, no bairro de Higienópolis. Vou ficar devendo indicação de hospedagem mas, para compensar, vou dar uma dica imperdível de comidinha para quem se hospeda na região.

A divina casa de empanadas latinas La Guapa, franquia da masterchef Paola Carosella, abriu há poucos meses no shopping Pátio Higienópolis. Para quem está com crianças, e por falta de tempo ou dinheiro não consegue fazer o roteiro gastronômico ‘must go’ de São Paulo, dá pra matar a vontade com deliciosos sabores de empanadas e o melhor sorvete de doce de leite do mundo, ultra cremoso. 

La Guapa tem saborosas e concorridas empanadasLa Guapa tem saborosas e concorridas empanadas (foto: Juliana Castanheira)

A criançada se recusa a sair do mall sem uma passadinha na Arte em Retalhos, uma brinquedoteca (paga) que tem uma proposta bem interessante, priorizando brinquedos de madeira, sem aquele superestímulo de eletrônicos.

Sábado

Manhã
O sábado começa bem cedinho, com um gostoso café da manhã no Parque da Água Branca, na Barra Funda, a poucos minutos de carro do centro. Pães, bolos, sucos, muitas opções integrais e naturais são garantia de mesa farta. A organização é feita pelos produtores, que há décadas realizam ali a feira de orgânicos.

Na sequência, é possível caminhar pelo amplo espaço verde, observar os patinhos no lago, acompanhar os cuidados com os cavalos nas baias e ainda curtir aquele climinha de roça, que destoa nesta cidade tão urbana. 

Tem também parquinho com banheiro infantil e fraldário, um miniaquário, além de muitas galinhas, perus e pavões soltos.

Parque da Água Branca é perfeito para o café da manhãParque da Água Branca é perfeito para o café da manhã (foto: Juliana Castanheira)

Saindo de lá, uma passadinha rápida na Praça Horário Sabino, em Pinheiros, onde prestigiamos ainda pela manhã a exposição de painéis sensoriais da marca Tao Tao Painel Sensorial. Um trabalho delicado e muito criativo de empreendedorismo materno da arquiteta Marina Tonussi. 

Com objetos do dia a dia, tais como fechaduras, cordas, esponjas e paninhos de diferentes texturas, os painéis propõe diferentes experiências sensoriais para bebês e crianças, despertando a curiosidade dos pequenos e garantindo momentos de calmaria. 

É possível comprar ou alugar os painéis para as crianças curtirem em casa, em festas ou até nas escolas. Todas as informações estão disponíveis no Instagram da marca.

Tarde
A manhã foi propositalmente bem leve para encararmos uma tarde já reservada para a missão Parque da Mônica, no Shopping SP Market. Apesar de algumas filas mais concorridas, impossível não se divertir em meio aos brinquedos inspirados na turminha de Maurício de Souza. 

Destaque para a Montanha Russa do Astronauta, estreia das crianças de 3 e 4 anos no brinquedo mais ousado do parque; seguido do Horacic Park, um passeio a bordo de barquinhos que percorrem o ambiente pré-histórico do querido dino Horácio. 

E não para por aí. Tem teatrinho, visita aos ambientes temáticos, roda gigante da turminha, piscina de bolas, carrossel e muito mais. Prepare-se para a lojinha. Dá vontade de voltar a ser criança e comprar tudinho, tudinho. É tão legal que é possível passar um dia inteirinho por lá, curtinho mais de uma vez cada atração.  

Infelizmente a opção de comidinhas do parque se restringe ao MC Donalds, mas isso não chega a ser um problema, já que ele fica instalado dentro de um shopping, com muitas opções de alimentação, além das famílias também poderem levar seu próprio lanche.

Não precisa dizer que a noite foi de banho e cama para a criançada, né? Enquanto isso, mamãe e papai curtiram o vale night da vovó, com direito à pizzaria Dona Veridiana, na rua de mesmo nome, em Higienópolis, para degustar uma boa pizza com vinho.

Domingo
Domingo foi dia de andar à toa, num combo de manhã no Ibirapuera e tarde na Avenida Paulista. O parque, além de uma enorme área verde, cenário de retiro dos paulistanos para esportes e lazer, abriga o Museu de Arte de São Paulo, um planetário, jardins do Burle Marx, lagos, praças e parquinhos que garantem a diversão de todo tipo de público. 

Domingo é dia de curtir a Paulista, fechada para carrosDomingo é dia de curtir a Paulista, fechada para carros (foto: Juliana Castanheira)

É possível alugar bicicletas, e, aos fins de semana, atrações culturais e musicais se espalham por todo canto. Para forrar o estômago optamos por ir caminhando até o restaurante Pé no Parque, onde um varandão aberto costuma atrair as famílias que frequentam o lugar.

A famosa avenida, domingo fechada para os automóveis, foi percorrida a pé rumo à sorveteria Dona Nuvem, que atrai centenas de visitantes nos fins de semana com seus exuberantes sorvetes, enfeitados com algodão doce, chocolates temáticos e outros “acessórios comestíveis”. Comida instagramável, a gente vê por aqui. 

A cada metro quadrado a paulista nos presenteia com uma série de opções culturais, como o Instituto Moreira Sales, o Sesc Avenida Paulista, que, diga-se de passagem, tem uma brinquedoteca muito legal assinada pela empresa Erê Lab, o Masp e o Conjunto Nacional, onde fica a Livraria da Cultura, que tem um espaço infantil bem bacaninha.

Já em clima de despedida, já que o roteiro se encerraria no domingo, demos um pulinho no restaurante América, no Shopping Bourbon, que tem um espaço de brincar que é uma mão na roda enquanto a família experimenta as delícias da tradicional franquia paulistana, que serve desde milkshakes e hamburgueres a saladas e grelhados.

Deu para ver que a gente bem que tenta fugir, mas sempre acaba num shopping né? E assim encerramos o roteiro no melhor estilo paulistano.


Compartilhe:
Descubra aqui mais sobre São Paulo: O que ver e fazer, dicas e mais


Juliana Castanheira

Jornalista e Assessora de Imprensa com mais de dez anos dedicados a vivenciar e comunicar experiências de Turismo e Hotelaria.

Veja também
Escolha seu destino
+ Ideias de Viagens
Copyright 2000-2019 Férias Brasil©