Dicas de Viajantes

Guia da Cidade Hotéis e Pousadas Aluguel por Temporada Envie sua dica
Filtrar por categoria
Em destaque
Mais recentes

"Meio de Transporte na Chapada"

SÉRGINHO-PEIXE

Enviada por SÉRGINHO-PEIXE

Foi a dois em 2015 e achou Excelente!

Estive com minha noiva na chapada diamantina agora em 09/15 e alugamos um carro em salvador e viemos até a chapada chegando em lençóis primeiramente,a dica é que os lugares a visitar pela região ficam distantes e pra aproveitar mais por lá escolham um guia (indico o zé bola,é só procurar por ele na pousada grisante com o glauco e ele dirige pra vc),divertido e profissional...conhece tudo e faz um preço justo...com ele e com o carro exploramos muito mais...indico irem ao vale do capão...roots paz e amor e natureza pura.

Pousada castelar da alvorada maravilhosa piscina com raia de 25 metros e espaço místico...reflexões e paz...super indico.
Acreditem rodamos 1457 km bahia a fora...mais esticamos na volta até a praia do forte no litoral norte de salvador...que delícia de viagem.

"Cachoeira do buracão"

Enviada por Miriam

em 2016 e achou Excelente!

Inesquecível!
Inesquecível! Enviada por Mateus Porto
Não deixe de conhecer a cachoeira do buracão, é incrível. Fica em Ibicoara ao sul da Chapada, vale muito conhecer.

"Vale a pena as horas de estrada"

Carla

Enviada por Carla

em 2013 e achou Excelente!

Na volta da trilha, dá para ver a queda e o buraco de cima
Na volta da trilha, dá para ver a queda e o buraco de cima Foto: Guto
Quando você for a Chapada Diamantina, não deixe de visitar esse destino. Por ter acesso difícil é um roteiro pouco procurado, mas vale a pena. Como estávamos em Iguatu, a viagem até Ibiacoara foi de 3 horas. Já na cidade é necessário contratar um guia, pois é necessário. De Ibicoara até o Buracão são mais 1:30h de estrada de chão, em condições ruins.

O Buracão é um parque municipal. Do estacionamento até a cachoeira são cerca de 1h de caminhada, com certa dificuldade no trecho final onde descemos um paredão bem ingrime.

Sem dúvidas foi um dos lugares mais lindos que visitamos até agora! Imagine você entrando por um canion estreito, com paredes 'montadas' com pedras sobrepostas numa simetria que só mesmo a natureza consegue fazer, com águas escuras, como em toda a Chapada e no final uma queda d'água de 85m. Você lá dentro, observando isso tudo dentro da água. Há também o acesso pelas paredes do canion, mas garanto que por dentro da água é bem melhor, claro, sempre usando os coletes salva vidas disponíveis no local.

Nossa visita a Chapada Diamantina fechou com chave de ouro! Saímos do Buracão as 15h, bem na hora que o local começou a ficar cheio. De lá fomos até Mucugê, onde as 20:10h sairia nosso ônibus para Salvador.
A Chapada Diamantina é linda! Vocês tem que conhecer!

"A vista mais incrível que já vi"

Enviada por Guedes

Foi com amigos em 2007 e achou Excelente!

Vista inacreditável
Vista inacreditável Enviada por Guedes
É realmente difícil de acreditar no que os olhos vêem, leva um tempo para acreditar. Durante todo o percurso, até chegar na cachoeira, a natureza nos surpreende a todo instante. Uma dica importante, é preciso estar preparado para uma caminhada forte, mas ao chegar lá, a caminhada se torna um mero detalhe.

"Dicas em geral - Chapada Diamantina"

Petrônio

Enviada por Petrônio

Foi com a família em 2014 e achou Excelente!

estive entre 01/03 a 04/03 na chapada (carnaval 2014). seguem algumas dicas:
clima: em relação ao clima, os meses mais secos são entre abril e novembro. no resto do ano, chove bastante na chapada. contudo, as chuvas sempre são passageiras e o sol aparece na maior parte do dia. assim que cheguei na região, me dirigi à cidade de lençóis. chuva forte, trovoadas e raios nos assustaram um pouco. o dia amanheceu totalmente nublado. mas é normal. pouco depois o sol aparece. todos os dias em que estive na chapada foram assim, com chuva a noite toda e muitas nuvens no céu nas primeiras horas da manhã. mas o tempo muda muito. sendo assim, não há muito com o que se preocupar. fiz passeios belíssimos debaixo de muito sol. porém, aconselho verificar a previsão do clima, pois se optar por fazer os passeios muito cedo, há risco de chuva nos períodos mais úmidos.
época para visitar: é aconselhável evitar ir até a chapada nos feriadões. os passeios ficam lotados e as filas de espera são inevitáveis. cheguei a perder um dos passeios, pois a fila dava voltas. também nos meses de chuva mais forte, alguns atrativos não podem ser visitados, pois o nível da água e a força da correnteza impossibilita aproximação a pé e interrompe alguns acessos de veículos.
onde ficar: se for a chapada para ficar pouco tempo, ficar em lençóis é uma boa opção. muitas agências, hotéis e guias turísticos estão à disposição. porém se for ficar mais tempo, é melhor verificar o local de cada passeio e escolher a cidade mais perto. por exemplo, aos poços azul ou encantado, cachoeiras do buracão e fumaçinha, ficam mais perto de mucugê e ibicoara. Para visita às grutas, pai inácio, fazenda pratinha e poço do diabo, ficar lençóis é uma boa opção.
contrate uma agência: ir à chapada é uma experiência única. para quem nunca foi, não vale a pena querer bancar o esperto e tentar fazer as coisas por conta própria ou contratar pessoas sem procedência. contrate serviços de traslado e passeios organizados por uma agência. muita gente quebra a cara por querer economizar. a chapada não é para principiantes. tem que estar sempre acompanhado por quem conhece bem a região, pois o parque é um lugar isolado e de difícil acesso. fiz passeios com um grupo de 04 pessoas e acredito ser o ideal. as agências podem fechar um pacote com 04 pessoas mais 01 guia (veículo, passeio e alimentação inclusos), daí, o grupo fica livre para fazer os passeios num tempo menor e a ordem dos passeios pode ser otimizada.

"Trilha Cachoeira da Fumaça"

Enviada por Ariane

Foi a dois em 2014 e achou Excelente!

Que maravilha!
Que maravilha! Enviada por Guto
É mais fácil dormir em Capão quando for fazer a Cachoeira da Fumaça. Muitas pessoas vêem de Lençóis, pois fazem o roteiro com término no Pai Inácio no dia anterior, mas como é um passeio de um dia, o acesso a Capão é mais demorado por ser estrada de chão, então eu preferi dormir em Capão mesmo.
Para ir até o início da trilha é mais fácil ir de carro (eles podem ficar estacionados na estrada). No início da trilha há a associação de guias, portanto, há a possibilidade de contratar um guia só na hora do passeio. O valor é de R$ 100,00 para duas pessoas (maio/2014).
Como tinha vários grupos indo no horário que chegamos resolvemos arriscar e fomos sem guia! Super tranquilo. O caminho é bem marcado mas é meio complicado por ser 1,5 km de subida mais 4 km no plano.

A vista é linda, vale muito a pena!
Na volta tem uma hora que a trilha bifurca, se seguir para a direita vai para um mirante (não fomos) e para a esquerda volta para o início. Entramos na direção errada!!! Mas logo percebemos e voltamos... essa foi a única dificuldade de ir sem guia que sentimos...
No mais, a Chapada é maravilhosa e vale muito a pena ficar em Capão, para conhecer as particularidades da vila como o palmito de jaca e a pizzaria de 2 sabores, e fazer a trilha da Cachoeira da Fumaça!

"Lindo Demais!"

íse oliver

Enviada por íse oliver

Foi a dois em 2014 e achou Excelente!

Raio de luz incide nas águas de fevereiro a setembro
Raio de luz incide nas águas de fevereiro a setembro Foto: Branco Pires - guiachapadadiamantina.com.br
Nossa parece encantado mesmo, o nome tá certo. Coisa linda, pena que não pode mais nadar nesse. Só no poço azul. Mas foi ótimo as fotos ficaram lindas. 

"Espetacular!!! Imperdível!!!"

Enviada por Maria Helena Cardoso

Foi com amigos em 2015 e achou Excelente!

Buracãozinho é uma prévia do que virá pela frente...
Buracãozinho é uma prévia do que virá pela frente... Foto: Gracie Croce
Estive la, no dia 1º de novembro/2015, não tinha lido nada a respeito, fui por indicação da dona da pousada Casarão do Mucugê, portanto parti para a aventura sem saber onde iria chegar. Ao chegar em Ibicoara não encontramos guia para nos acompanhar, sendo obrigatório sua companhia. Ao chegar na entrada do parque, depois de 25Km, estradinha de terra, com aclives e declives, aguardamos na portaria para formar um grupo com 8 pessoas e um guia para nos levar à cachoeira. 

Resolvida esta questão partimos mais alguns Km até o estacionamento de onde segue-se 3Km de caminhada até o buracão. Considero que são 2 de trilha leve, seguindo as margens do rio, com lindas paisagens e o ultimo Km moderado com trechos mais ingrimes, pedras e escadas até chegar ao ponto final. Antes do buracão uma bela cachoeira é contemplada só de passagem, a ansiedade para se chegar ao final é grande! Chega a entrada do canyon, por onde é preciso atravessar para poder se deparar com raro espetáculo da natureza. Emocionante, imperdível para quem ama a natureza e seus espetáculos. Informações iniciais diziam que são 90 metros de altura, o paredão é indescritível, somente estando lá para sentir. Fui pelo paredão a outra alternativa é ir pela água nadando, como não sei nadar não arrisquei...

Ainda não conheço toda Chapada Diamantina, comecei por Mucugê, onde tem vários atrativos interessantes sobre o garimpo no seculo XVIII, porem ir a Ibicoara e conhecer o Buracão, faz você voltar e continuar a desbravar a Chapada, creio que comecei pelo lugar certo. Valeu demais o passeio e as descobertas.

"Almoçando como se fosse em sua casa"

Ruth

Enviada por Ruth

Foi com a família em 2012 e achou Excelente!

Vale a pena conferir a simplicidade e cardápio de dar água na boca nesse restaurante muito singular:Vc. mesmo se serve na cozinha de D. Nena, uma agradável e simpática senhora.Depois, experimente seus deliciosos doces caseiros.Tudo de bom !!!

"Tudo Maravillhoso"

Enviada por Luciano

Foi com a família em 2015 e achou Excelente!

- Fizemos o chamado Roteiro 1: Mucugezinho e Poco do Diabo, Gruta da Lapa Doce, Gruta Azul e Pratinha, e Morro do Pai Inacio.
Este roteiro é muito bom, super tranquilo, e é o ideal para quem tem pouco tempo. Pode ser feito sem guia, porém cuidados com os tempos, é muitas coisa para ver e os lugares não são super perto. Prepare-se bem sobre as ruas!
Mucugezinho e o poço do Diabo, são lugares bonitos, o segundo sendo uma cachoeira aonde, se quiser, dai par fazer tirolesa ou rapel (a parte). Dai para chegar de baixo da cachoeira nadando, muito lindo!
A Lapa doce é uma gruta grande e escura aonde passeamos, capacete e pilha na cabeça, por uma hora admirando lindos estalactites e estalagmites.
A gruta azul e a gruta da pratinha são parte de uma propriedade particular chamada de fazenda da Pratinha, portanto se paga o ingresso (20 RS). A gruta azul é uma pequena gruta com agua cristal, que fica de cor azul quando os raios de sol vão clarear. Só contemplação. É uma versão baby dos poços azul e encantado: linda!
A pratinha é uma linda gruta onde pessoas podem mergulhar, mascara a respirador, entre os peixes (a parte, 20 RS, aconselho), e tem ao lado uma linda lagoizinha de agua clara, morna e superlimpa, aonde, se quiser, dai para fazer tirolesa (mais tranquila: para quem tem vontade, sugiro aquela no Poço do Diabo).
O caminho acaba com o Morro do Pai Inacio, onde com uma subida tranquila de 20 minutos se admira uma vista de 360 grau. Lindo, especialmente pelo Pôr-do-Sol.
Mais dicas

Mais informações e atrações da Chapada Diamantina

Copyright 2000-2020 Férias Brasil©