Baía da Traição (PB)

  • Enseada da Praia - Praia na Maré Baixa Enseada da Praia - Praia na Maré Baixa
    Enviada por pedro
  • Barcos dos Pescadores. - Manhã de Sol na Praia. Barcos dos Pescadores. - Manhã de Sol na Praia.
    Enviada por MARCELO
  • Vista da Entrada da Cidade. - Começo de Tarde na Baia da Traição. Vista da Entrada da Cidade. - Começo de Tarde na Baia da Traição.
    Enviada por MARCELO
  • Mar da Baia da Traição - Tarde de Sol na Praia. Mar da Baia da Traição - Tarde de Sol na Praia.
    Enviada por MARCELO
  • Forte - Construção descortina bonita vista das praias Forte - Construção descortina bonita vista das praias
    Enviada por Marcelo
  • Prainha - Muito bom! Prainha - Muito bom!
    Enviada por Mary

Porque Ir

A vila de pescadores tem de tudo um pouco: praias desertas, falésias, rios, recifes, mangues e tribos indígenas. O nome, aliás, remete a uma emboscada dos índios contra os primeiros portugueses que ali chegaram, no século 16. O espírito de preservação foi mantido, garantindo as paisagens rústicas e o estilo de vida típico das aldeias, que se espalham por uma área de 20 mil hectares. Para conhecê-las, siga para o Centro de Cultura e Apoio ao Turista, que orienta em quais há produção e venda de artesanato e apresentações de dança, como o Toré. Entre as mais visitadas estão as de São Francisco, Galego, São Miguel e Tracoeira.

Praia de Coqueirinho é ponto de partida para Barra de Mamanguape, sede do projeto Peixe-Boi

A praia que dá nome à vila a mais estruturada da região. Com águas mansas, areias escuras e um recife próximo que abriga o Farol da Traição, é movimentada apenas na alta temporada. Já as praias selvagens ficam afastadas do centrinho. 

A preferida dos surfistas é Tanguá, onde fica a aldeia Galego, dos índios potiguaras. Além de artesanato, há venda de doces de frutas nativas. Já a praia de Coqueirinho é considerada uma das mais bonitas, com coqueirais, mar calmo e barqueiros que fazem a travessia para Barra de Mamanguape, sede do projeto Peixe-Boi.

Na praia do Forte, a atração é subir no alto de uma escarpa com vista panorâmica para a Baía da Traição. As falésias avermelhadas chamam a atenção em Jerimum e Cardosas - esta última abriga a lagoa Encantada, boa para banhos, com águas cristalinas e vegetação preservada. O acesso é por trilhas, depois de uma hora de caminhada.  

As dunas típicas do Rio Grande do Norte surgem a partir de Barra de Camaratuba, procurada pela turma do surf e com opções de hospedagem e alimentação. Por lá estão as praias da Baleia, com águas esverdeadas; da Pavuna, cercada de lagoas; e Guaju, totalmente deserta. O rio Camaratuba corta a região e pode ser explorado em passeio de barco. O tour leva a uma pequena praia fluvial com parada para banho e inclui trilha em manguezais e degustação de ostras.
Copyright 2000-2017 Férias Brasil© Todos os direitos reservados.