Instituto Inhotim - Brumadinho (MG)

Misto de museu de arte contemporânea e jardim botânico, o belíssimo instituto fica pertinho de Belo Horizonte! As obras estão espalhadas por galerias, pavilhões e também ao ar livre, em meio aos lindos jardins assinados pelo paisagista Pedro Nehring - influenciado por Burle Marx - e repletos de espreguiçadeiras, bancos talhados em troncos de árvores, lagos... Entre os trabalhos mais expressivos - são mais de 500 obras de cem artistas - estão os assinados pelos brasileiros Tunga, Cildo Meireles, Hélio Oiticica e Amilcar de Castro. Tem obra até em forma de piscina, onde é possível mergulhar!

Museu da Moda - Canela (RS)

A evolução da moda feminina através do tempo é a atração do espaço. As peças remetem a épocas que vão desde a Antiguidade - passando pela Idade Média, Belle Époque, anos 50, 60, 70... - até o início do século 21. Cerca de 150 vestimentas compõem o acervo, sendo que algumas foram feitas à mão, como as que remetem às rainhas e princesas do Egito Antigo. Para acompanhar o "desfile" pela história da moda, muita música! Cada período tem um espaço físico próprio, com trilha sonora de acordo com a ocasião!

Museu Imperial - Petrópolis (RJ)

A viagem no tempo é também um retorno à infância no Museu Imperial! Logo ao chegar, o visitante recebe um par de pantufas para circular pelo palácio sem correr o risco de arranhar o piso. Para curtir o cartão-postal de Petrópolis, vá sem pressa. Dos jardins - repletos de espécies variadas de árvores e plantas - aos salões, há muito para apreciar na antiga residência da família real. Entre os espaços mais concorridos está o que guarda a principal peça do acervo: a coroa de D. Pedro II, com 639 brilhantes e 77 pérolas, obra do ourives Carlos Marin. Nas noites de quinta, sexta e sábado, o palácio é cenário para o emocionante espetáculo Som e Luz. Vale a pena!

Museu da Cachaça - Salinas (MG)

Haja variedade! São mais de 1.700 rótulos para a degustação dos visitantes! Além de conhecer os mais diferentes tipos de cachaça, os fãs da branquinha podem conferir todas as etapas da produção - o plantio da cana de açúcar, a produção artesanal da cachaça de alambique e sua comercialização. O acervo reúne painéis fotográficos, áudios, vídeos e objetos. Um dos destaques do espaço é a instalação de nove metros de altura, com 1.750 garrafas de aguardente produzido na cidade mineira. Na Sala de Aromas, a experiência é sensorial: as bebidas percorrem calhas e podem ser distinguidas pelo cheiro. Saúde!

Museu do Mar - São Francisco do Sul (SC)

O maior tesouro de São Francisco está guardado no belo centrinho da cidade. É o Museu Nacional do Mar, espalhado por uma série de armazéns portuários restaurados que abrigam embarcações de diversas épocas - em miniatura e tamanho real. Uma das principais atrações do espaço é a sala dedicada a Amyr Klink, onde está exposto o barco a remo "Paraty". Foi nele que, em 1984, o navegador atravessou solitariamente o Atlântico Sul, durante 101 dias. Emoção garantida!

Museu da Língua Portuguesa - São Paulo (SP)

Por aqui, atividades interativas tomam o lugar do acervo material, aguçando a curiosidade quando o assunto é o nosso idioma, com suas gírias e seus jargões. Na Praça da Língua, alguns dos mais belos textos em português são projetados nas paredes e recitados nas caixas de som, emocionando os visitantes de todas as idades. Nesse cenário, o aprendizado vira lazer. E com muito prazer!

Museu da Gente Sergipana - Aracaju (SE)

A identidade do povo sergipano é celebrada em um bonito prédio de 1926. E o mais bacana: de forma interativa! Na concepção artística do projeto - que leva a assinatura de Marcello Dantas, do incrível Museu da Língua Portuguesa (SP) - estão festas, personagens ilustres, culinária... Tudo com tecnologia e criatividade: diante de um espelho, trajes típicos se moldam perfeitamente ao corpo observador. No ambiente que reproduz uma feira, é possível pechinchar com o feirante virtual até conseguir uma boa oferta. Já no espaço dedicado aos repentistas, basta esperar a deixa e cantar a resposta sobre o tema proposto - e a gravação pode ser publicada na internet!

Museu Oscar Niemeyer - Curitiba (PR)

A obra em homenagem ao arquiteto não poderia se mais curiosa! São dois prédios sendo que um deles é de autoria de Niemeyer. E é nesse espaço que estão escadarias, rampas e um ícone em formato de um olho aberto revestido de vidros escuros. O museu tem a programação mais interessante da cidade, sempre com excelentes exposições temporárias espalhadas pelas nove salas. O conjunto abriga ainda esculturas ao ar livre e um espaço com maquetes de Niemeyer. Imperdível!

Museu da Liturgia - Tiradentes (MG)

Uma das mais novas atrações da cidade histórica, o espaço reúne mais de 400 peças ligadas à liturgia católica, confeccionadas entre os séculos 17 e 20. São pinturas, pratarias, esculturas e imagens confeccionadas com as mais variadas técnicas e materiais. As surpresas, porém, vão além dos objetos! No pátio externo, em cada banco de pedra ouve-se uma mensagem sonora ou música sacra diferente. Já no hall de entrada, o piso forma um mosaico que remete aos tapetes de serragem típicos de celebrações como Corpus Christi. Beleza pura!

Museu de Arte do Rio - Rio de Janeiro (RJ)

Umas das novidades cariocas, o MAR, na Praça Mauá, abriga exposições internacionais e nacionais, além de promover uma leitura da história do Rio de Janeiro. Dois prédios interligados compõem o espaço: um palacete e um edifício em estilo modernista. As oito salas de exposições dividem a atenção com a área educativa, a biblioteca e o mirante, além da praça suspensa. Dica: vá às terças-feiras, quando a entrada é gratuita para o público em geral!

+ Especiais do Brasil
+ Ideias de Viagens
Copyright 2000-2017 Férias Brasil© Todos os direitos reservados.